Seleção feminina viaja para o Grand Prix sem Jaqueline

A seleção brasileira feminina de vôlei está na Holanda para um último estágio de treinamentos antes de viajar à Bangcoc, na Tailândia, local da estreia no Grand Prix, no próximo fim de semana. O grupo do técnico José Roberto Guimarães viajou sem a ponteira Jaqueline, que foi afastada com sintomas de pneumonia.

Estadão Conteúdo

26 de junho de 2015 | 19h02

O Brasil está desfalcado de nomes importantes, como as centrais Fabiana e Thaisa, das pontas Sheilla e Tandara e da levantadora Fabíola. Assim, o grupo que viajou à Holanda tem as levantadoras Dani Lins e Macris, as opostos Monique e Joycinha, as ponteiras Fernanda Garay, Gabi, Natália e Mari Paraíba, as centrais Adenízia, Juciely, Carol e Bárbara e as líberos Camila Brait e Leia.

Mal o grupo chegou à Holanda e já começou a treinar. "O treino de hoje (sexta) foi muito importante para nos acostumarmos ao fuso horário. Também soltamos a musculatura o que ajuda bastante depois de uma viagem longa como essa. Fizemos alongamento e alguns exercícios na quadra e agora temos que seguir trabalhando forte, buscando entrar no fuso o mais rápido possível", explicou Mari Paraíba.

As brasileiras estrearão no Grand Prix no dia 3 de julho, contra o Japão. Na Tailândia, a equipe ainda joga contra as donas da casa e a Sérvia. Depois, na rodada seguinte, é a vez de o Brasil jogar em casa, em São Paulo, contra Bélgica, Alemanha e Tailândia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.