Divulgação/Fivb
Divulgação/Fivb

Seleção masculina de vôlei da Rússia bate os EUA e leva o bi da Liga das Nações

Time europeu fatura título por 3 sets a 1, com parciais de 25/23, 20/25, 25/21 e 25/20, em Chicago

Redação, Estadão Conteúdo

14 de julho de 2019 | 23h12

A seleção masculina de vôlei da Rússia se sagrou bicampeã da Liga das Nações neste domingo. Na decisão, a equipe assegurou o segundo título consecutivo do torneio ao derrotar os Estados Unidos por 3 sets a 1, com parciais de 25/23, 20/25, 25/21 e 25/20, em Chicago.

Enquanto o norte-americano Taylor Sander foi o maior pontuador da partida, com 20, a Rússia contou com boa atuação coletiva para faturar o título, tendo quatro jogadores com ao menos dez pontos. Foram eles: Dmitry Volkov (17), Egor Kliuka (14), Ivan Iakovlev (12) e Victor Poletaev (11).

Rússia e Estados Unidos haviam se enfrentado na última sexta-feira, pela rodada final do Grupo A, em duelo que valia a liderança da chave - as equipes já estavam classificadas às semifinais. E os norte-americanos tinham se dado melhor, vencendo por 3 a 0. Agora, na decisão, levaram o troco.

Na campanha do título, a Rússia avançou em terceiro lugar às finais, após somar 12 vitórias e três derrotas. Em Chicago, passou pela França (3 a 0) e perdeu para os EUA, avançando às semifinais, fase em que bateu a Polônia por 3 a 1, antes de superar os norte-americanos na decisão. Já a seleção brasileira foi a quarta colocada na Liga das Nações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.