Patricy Albuquerque/Inovafoto/CBV
Patricy Albuquerque/Inovafoto/CBV

Seleção masculina de vôlei faz testes e perde amistoso para o Japão em Taguatinga

Apesar do revés, o Brasil terá uma revanche ainda nesta semana, pois volta a enfrentar o adversário neste

Redação, Estadão Conteúdo

02 de junho de 2022 | 23h48

Em preparação para a disputa da Liga das Nações, a seleção brasileira masculina de vôlei começou a nova temporada com uma derrota por 3 sets a 0 para o Japão, em amistoso disputado na noite desta quinta-feira, no Sesi Taguatinga. O técnico Renan Dal Zotto resolveu usar a partida para fazer testes e viu a falta de entrosamento acabar em derrotas parciais de 25/19, 39/37 e 25/21.

O Brasil entrou em quadra sem alguns de seus principais jogadores, que até estavam presentes no Sesi Taguatinga, mas não ficaram sequer no banco de reservas. Poupados, Bruninho, Lucão, Lucarelli e Leal assistiram ao duelo do lado de fora, sentados atrás das placas de publicidade, de onde torciam intensamente pelos companheiros de equipe.

O quarteto viveu grande ansiedade ao testemunhar um primeiro set complicado para a seleção brasileira, formada inicialmente por Cachopa, Franco, Adriano, Vaccari, Isac, Flávio e Thales. Com um ataque forte e uma boa atuação do oposto Nishida, o Japão dominou o primeiro set, usou bem os bloqueios nos pontos finais e colocou 1 a 0 no placar após vitória por 25 a 19 na parcial.

O segundo set foi melhor para o Brasil, que protagonizou alguns bons momentos, como bloqueios de Adriano, caçula do time aos 20 anos. O maior destaque, contudo, foi o oposto Alan, principal pontuador brasileiro. Apesar dos aspectos positivos apresentados pelos donos da casa, o Japão continuou superior e suportou bem até fechar o set em 39 a 37.

A falta de ritmo e entrosamento voltaram a atrapalhar os brasileiros no set final, ainda que Renan Dal Zotto tenha se esforçado para corrigir os detalhes que podia na conversa. Perdendo por 20 a 15, a seleção chegou a diminuir a diferença para 22 a 21, mas não voltou a pontuar e perdeu por 25 a 21.

O Brasil terá uma revanche ainda nesta semana, pois volta a enfrentar o Japão, às 10 horas de domingo, novamente no Sesi Taguatinga, em mais um amistoso. Depois, no dia 8, começa a disputa da Liga das Nações, em duelo com a Austrália, no Ginásio Nilson Nelson, em Brasília.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.