Semifinal da Superliga Feminina de Vôlei começa neste sábado

Destaque é o confronto entre Rexona-Ades, melhor time da competição, e o Pinheiros/Blausiegel

Redação,

04 de abril de 2008 | 18h36

As semifinais da Superliga Feminina de Vôlei começam neste sábado, quando o Pinheiros/Blausiegel (SP) recebe o Rexona-Ades (RJ), às 17 horas, no Ginásio Henrique Villaboin, em São Paulo. A outra série melhor-de-três jogos terá início apenas no domingo, com o confronto entre Brasil Telecom (SC) e Finasa/Osasco (SP). Dono da melhor campanha da fase de classificação, o Rexona já conquistou quatro títulos da Superliga (97/98, 99/00, 05/06 e 06/07) e é o favorito para ser campeão nesta edição. Enquanto isso, o Pinheiros busca chegar pela primeira vez à final da competição. O destaque do time do Pinheiros é a oposto Joycinha, que é a maior pontuadora da Superliga até o momento, com 337 pontos em 21 jogos. Já o Rexona confia no seu grupo vencedor e experiente, sob o comando do técnico Bernardinho. "Não há como negar o favoritismo do Rexona, que foi o primeiro colocado durante o campeonato inteiro e conta com a base da seleção brasileira. No entanto, quando o jogo começar, todas lutarão de igual para igual", disse o técnico do Pinheiros, Marcos Kwiek. "Precisamos ser mais eficientes no bloqueio, fundamento no qual ainda estamos deixando a desejar", cobrou a oposto Renatinha, do time carioca.

Tudo o que sabemos sobre:
Superliga Feminina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.