Sérvia vira contra Cuba e decide a Liga Mundial

É a 3.ª vez que a Sérvia chega à decisão, e sempre contra o Brasil, que saiu vencedor nas duas ocasiões

AE, Agencia Estado

25 de julho de 2009 | 17h46

A Sérvia contou com a força da torcida e toda a categoria do oposto Ivan Miljkovic para chegar à final da Liga Mundial, que está sendo decidida em Belgrado, com uma eletrizante vitória sobre Cuba por 3 sets a 1, parciais de 18/25, 25/13, 25/21 e 27/25, em pouco mais de duas horas de partida. A equipe vai enfrentar o Brasil na final deste domingo, às 15 horas (de Brasília), enquanto Cuba decidirá a medalha de bronze com a Rússia, derrotada pela equipe de Bernardinho, três horas antes.

Veja também:

linkBrasil vence a Rússia e vai à decisão da Liga Mundial

Um dos remanescentes do time da antiga Iugoslávia que foi campeão olímpico em 2000, em Sydney, Miljkovic, de 29 anos, marcou 26 pontos na partida, sendo 23 de ataque, dois de bloqueio e um de saque. O atacante Milos Nikic também se destacou, com 12 pontos.

Cuba dominou com facilidade o primeiro set, mas caiu de produção nas parciais seguintes e só voltou a equilibrar o jogo nos momentos finais do quarto set, quando salvou dois match points e depois passou à frente com um bloqueio triplo sobre Miljkovic. Mas a inexperiência pesou, e nem mesmo a boa atuação do garoto Wilfredo León, de apenas 15 anos, ajudou a equipe a superar os donos da casa - ele e o meio-de-rede Aties Simón saíram com 17 pontos.

É a terceira vez que a Sérvia chega à decisão da Liga Mundial, e sempre contra o Brasil, que saiu vencedor nas duas ocasiões: em 2003, em Madri, num jogo eletrizante definido apenas no tie-break em 31/29 para o Brasil, e em 2005, na mesma Belgrado que recebe a partida deste domingo, quando o Brasil venceu por 3 a 1.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiLiga MundialSérviaCuba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.