Erbs Jr/Superliga
Erbs Jr/Superliga

Sesi-SP ganha novamente do Sesc RJ e coloca um pé na final da Superliga

Equipe paulista está a uma vitória de chegar à decisão do campeonato nacional de vôlei; Taubaté também faz 2 a 0

Redação, O Estado de S.Paulo

10 de abril de 2019 | 20h08

Em um duelo bastante equilibrado, o Sesi-SP ganhou do Sesc RJ por 3 a 2 (25/21, 20/25, 19/25, 25/22 e 15/10) e abriu 2 a 0 na série melhor de cinco, pela semifinal da Superliga masculina de vôlei. No outro lado da chave, o EMS Taubaté Funvic também tem a vantagem de 2 a 0 sobre o Sada Cruzeiro. No sábado, as equipes voltam a se enfrentar pela terceira rodada, com partidas no Sesi Vila Leopoldina, em São Paulo, às 19h, e no Riacho, em Contagem, às 21h30.

"Foi uma vitória importante em um jogo duríssimo. Sabíamos que iríamos encontrar uma equipe mais preparada e mais forte", comentou Lucas Loh, feliz pela vitória do Sesi-SP. Já o levantador Thiaguinho, do Sesc RJ, espera uma reação para não ser eliminado do torneio. "Surgiram oportunidades e deixamos escapar. Jogamos melhor que em São Paulo e vamos para o terceiro jogo para reverter a situação", avisou.

O Sesc RJ fez uma partida bem melhor que no primeiro duelo, quando acabou sendo derrotado por 3 a 0. E teve boa chance de fechar o duelo no quarto set, quando conseguiu equilibrar as forças até a partida estar em 22 a 22. Mas a partir daí a experiência do adversário pesou e, com muitos erros, principalmente no tie-break, a equipe frustrou sua torcida no ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio.

Enquanto no masculino o torneio ainda está na semifinal, na Superliga feminina de vôlei as duas equipes finalistas já foram decididas. E o confronto será entre times mineiros. No domingo, dia 21 de abril, o Itambé/Minas encara o Dentil/Praia Clube, às 11h, no Mineirinho, em Belo Horizonte. A série é de melhor de três partidas e coloca frente a frente as duas melhores equipes da fase de classificação.

Mais conteúdo sobre:
vôlei

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.