CBV/Divulgação
CBV/Divulgação

Stacy treina em Araçatuba e supera trauma de acidente

Líbero norte-americana se sente recuperada após sofrer traumatismo craniano

GIULIANDER CARPES, Agência Estado

07 de novembro de 2011 | 20h27

Faltava apenas voltar para Araçatuba, no interior de São Paulo, e reencontrar as suas colegas de Vôlei Futuro para a líbero Stacy Sikora se considerar totalmente recuperada do acidente com o ônibus do time sofrido há sete meses. A jogadora norte-americana treinou nesta segunda-feira pela primeira vez com a equipe desde que começou a recuperação de um traumatismo craniano que lhe obrigou a ficar um mês no hospital. A sensação foi a melhor possível.

"Foi muito bom. Estava esperando por este momento com muita ansiedade no avião, no aeroporto, e foi muito melhor do que eu esperava. Precisava do carinho das minhas colegas de time de novo", disse a líbero, visivelmente emocionada. "Agora, finalmente, eu posso dizer que sou Stacy Sykora de novo".

A norte-americana estava treinando com a seleção dos Estados Unidos, mas foi cortada antes da disputa da Copa do Mundo. Na ocasião, afirmou que ainda sentia algumas dificuldades, principalmente de visão. Mas nesta segunda garantiu que nada disso será problema para retomar seu espaço na equipe. "Estou fazendo tudo em quadra com tranquilidade e motivada a jogar cada vez melhor. Vou me esforçar muito, dar o meu máximo e deixar para o técnico definir se posso recuperar minha posição no time", explicou.

Stacy conta que o que mais sentia falta era dos torcedores do Vôlei Futuro. "Aqui a torcida é muito diferente de qualquer outro lugar do mundo. Eles são muito carinhosos. Senti-me muito bem, fui muito bem recebida. Tudo vai se encaminhar agora".

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiVôlei Futuro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.