Superliga: Rio vê segundo jogo entre Rexona e Osasco

O Rexona/Ades tenta dar mais um passo para o título da Superliga feminina nesta quarta-feira, às 18h, contra o Finasa/Osasco, no segundo jogo da decisão, que será realizado no Ginásio da Tijuca, no Rio, com transmissão do Sportv.O Rexona ainda está invicto na Superliga, com 21 vitórias em 21 partidas. Mas o técnico Bernardinho sabe, no entanto, que a tarefa de manter a invencibilidade não será fácil, principalmente por causa do poder de reação do adversário. Sua equipe venceu o primeiro jogo, no último sábado, em Osasco, apenas no tie-break, depois de vencer os dois primeiros sets."O bloqueio e a defesa são os pontos fortes do nosso adversário?, afirmou o técnico da seleção masculina. "É uma equipe de grandes jogadoras e que não desiste nunca. Começamos bem, mas depois nos massacraram", afirmou a atacante Jaqueline, que foi campeã da Superliga pelo próprio Osasco em 2004.O treinador do time paulista, Paulo Coco, afirmou que suas jogadores precisam ter mais obediência tática. "Algumas vezes as jogadoras mudaram a estratégia por conta própria e não funcionou", reclamou.Para a atacante Soninha, que saiu do banco e ajudou o Finasa/Osasco a equilibrar a primeira partida, lamentou o nervosismo da equipe. "Cometemos erros que não são normais. É isso que precisamos evitar nesta partida", explica.

Agencia Estado,

12 de abril de 2006 | 09h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.