Rafinha Oliveira/EMS Taubaté Funvic
Rafinha Oliveira/EMS Taubaté Funvic

Taubaté recebe Cruzeiro de olho na vaga na final da Superliga de vôlei

Equipe paulista está vencendo a série por 2 a 1 e, caso vença, vai à decisão do torneio

Redação, O Estado de S.Paulo

17 de abril de 2018 | 07h02

O ginásio do Abaeté estará lotado nesta terça-feira quando o EMS Taubaté Funvic recebe o Sada Cruzeiro para tentar a vaga na final da Superliga masculina de vôlei. O time paulista lidera a série por 2 a 1 e contará com a força de sua torcida para despachar o atual tetracampeão, que fará de tudo para levar o duelo para o quinto e decisivo jogo da série. A partida começa às 19 horas e quem vencer no confronto enfrentará o Sesi-SP na decisão.

+ Sesi-SP garante vaga na decisão da Superliga masculina de vôlei

"Esse é um jogo que vai nos dar mais uma chance de tentar ganhar deles aqui. Sabíamos que não ia ser fácil fazer três jogos como fizemos no primeiro e no segundo. Jogamos muito bem, demos poucas chances deles reagirem e fazer um terceiro jogo assim, mantendo essa mesma regularidade, é difícil. Espero que, em casa, o time consiga jogar tão bem quanto nos primeiros, mas sabendo que vai ser difícil. Acima de tudo, vamos tentar buscar essa classificação para a final aqui em casa", afirmou Wallace, que já atuou pelo Cruzeiro mas agora defende o Taubaté.

 

O jogador se refere ao último encontro entre as duas equipes, quando o time mineiro venceu por 3 a 0 e respirou aliviado por diminuir a vantagem rival. Antes, o Taubaté havia ganhado as duas primeiras partidas da série, o que ligou o sinal de alerta no Cruzeiro. Se Wallace quer aproveitar o fator casa, do outro lado os jogadores do Cruzeiro sabem que precisam manter o mesmo desempenho do fim de semana para levar o duelo para o quinto jogo.

"Perdemos os dois primeiros jogos e entramos precisando ganhar no terceiro, quando conseguimos colocar em prática nosso jogo, com o saque entrando, o ataque muito positivo e o bloqueio funcionando. Sabemos que vai ser bem difícil. Eles estão na casa deles, diante da torcida deles e a pressão toda sobre o nosso time. Mas, do mesmo jeito que eles conseguiram uma vitória na nossa casa, nós podemos conseguir em Taubaté. Nosso pensamento é esse: fazer um bom jogo como no último. Não temos outra coisa para pensar, apenas na vitória", explicou o oposto Evandro.

Se o Cruzeiro vencer, a quinta partida do confronto será disputada na sexta-feira, às 21h30, com mando do time mineiro, no Riacho, em Contagem. Na outra semifinal, o Sesi-SP avançou ao superar o Sesc RJ nas três partidas que disputaram e agora aguarda seu rival na decisão, que será disputada em duas partidas. É possível que as finais da Superliga masculina de vôlei sejam disputadas em dois domingos, dias 28 de abril e 6 de maio.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiSuperliga Masculina de Vôlei

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.