Divulgação
Divulgação

Técnico Zé Roberto celebra 'melhor momento da vida' em apresentação

Técnico exaltou a conquista do ouro olímpico e do início do projeto do time Vôlei Amil

AE, Agência Estado

26 de agosto de 2012 | 19h49

CAMPINAS - Campeão olímpico pela terceira vez na carreira e de volta ao Brasil para treinar uma equipe repleta de jogadoras que em breve devem estar na seleção brasileira. José Roberto Guimarães não tem do que reclamar e reforçou isso neste domingo, quando foi apresentado o time Vôlei Amil, sua nova equipe, em Campinas.

"Com certeza esses foram os Jogos Olímpicos mais difíceis da história e da forma como ganhamos foi especial. Posso dizer que, aliado ao início do projeto do Vôlei Amil, esse é o melhor momento da minha vida. E agradeço muito a Deus por tudo isso", comemorou Zé Roberto, que embarca segunda para a Espanha, onde percorrerá o Caminho de Santiago de Compostela para pagar uma promessa pela conquista em Londres.

A festa deste domingo em Campinas inaugurou a Arena Amil, onde a equipe mandará seus jogos, e teve a apresentação do elenco, que tem Fernandinha, levantadora da seleção, e a central Walewska, medalhista de ouro em Pequim, como estrelas, além de cinco jogadoras da seleção brasileira de novas.

"É uma alegria enorme volta para casa e ajudar a formar um projeto tão bem estruturado como esse que a Amil montou em Campinas. Sabemos do esforço de todos e montamos um time capaz de brigar para chegar entre os três primeiros colocados do Campeonato Paulista e da Superliga", exaltou o treinador.

Outra que volta ao Brasil é Fernandinha, que foi reserva na fase final dos Jogos de Londres, mas mostrou que está entre as melhores do País. "Na seleção, pensei que ele (Zé Roberto) fosse mais nervoso, mas não, é muito tranquilo, até nas broncas. Mas quero dizer que nosso time nasce entre os favoritos a títulos. Mas como é um grupo novo, espero que o entrosamento venha rápido e nisso o Zé Roberto nos ajudará muito", aposta a jogadora.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiZé Roberto Guimarães

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.