Unilever bate Sport e segue 100% na Superliga Feminina

Com facilidade, equipe do Rio de janeiro ganha por 3 a 0; Minas vence o São Bernardo fora de casa

AE, Agencia Estado

16 de janeiro de 2010 | 19h43

Com extrema facilidade, o Unilever/Rio de Janeiro (RJ) manteve a sua campanha perfeita na Superliga Feminina de vôlei. Neste sábado, no ginásio Marcelino Lopes, no Recife, o time carioca massacrou o Sport/Banco BMG (PE) e conquistou a sexta vitória em seis jogos disputados até o momento. O placar foi de 3 sets a 0 - com parciais de 25/13, 25/9 e 25/19.

O resultado manteve a equipe com 100% de aproveitamento, mas por ter partidas a menos que muitos adversários, o Unilever ainda ocupa a quinta colocação - o Sollys/Osasco (SP), com sete triunfos, é o outro time invicto. Já o Sport, que atuou pela quinta vez na competição, teve sua terceira derrota em cinco jogos.

A liderança na Superliga, pelo número de pontos, é do Usiminas/Minas (MG). Neste sábado, na Grande São Paulo, a equipe mineira derrotou o São Bernardo (SP) por 3 sets a 0 - com parciais de 25/19, 25/17 e 25/12 - e chegou a 16 pontos em 10 partidas - são seis vitórias e quatro derrotas.

A segunda colocação, com um ponto a menos, é do Blausiegel/São Caetano (SP), que bateu o Mackenzie/Newton Paiva (MG) por 3 sets a 2 - parciais de 23/25, 15/25, 25/18, 25/22 e 15/8. "O adversário nos surpreendeu. O time delas (Mackenzie) jogou muito bem, defendeu muito e a verdade é que elas conseguiram tirar a paciência da nossa equipe. Com o resultado desfavorável, passamos a ter a obrigação de ganhar e isso gerou uma tensão desnecessária", comentou Mauro Grasso, técnico de São Caetano.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiSuperliga FemininaUnileverSport

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.