Vice da Liga Mundial, Brasil abre folga na liderança do ranking

Sem ganhar títulos desde 2010, seleção brasileira está à frente dos últimos campeões da Liga Mundial e da Rússia, campeã olímpica

AE, Agência Estado

22 de julho de 2014 | 15h49

A seleção brasileira masculina de vôlei não vence uma grande competição desde 2010, quando faturou o tricampeonato mundial. Mesmo assim, vai buscar o tetra na Polônia, a partir de 3 de setembro, como líder do ranking mundial. Nesta terça-feira, a FIVB (Federação Internacional de Vôlei) atualizou a lista e o Brasil abriu folga na primeira colocação.

Derrotado pelos Estados Unidos na decisão da Liga Mundial de 2014, domingo passado, na Itália, o Brasil manteve os pontos da edição de 2013, quando também foi vice. Já a Rússia, que vinha de título no ano passado, terminou apenas em quinto, perdendo 12 pontos no ranking.

Assim, o Brasil, que segue com 345 pontos, viu aumentar para 15 pontos a folga sobre os russos, que têm 330. Na sequência aparecem Itália (288), Estados Unidos (226), Polônia (200) e Sérvia (192).

Semifinalista na Itália, o Irã carrega poucos pontos de competições antigas (Jogos Olímpicos/2012, Copa do Mundo/2011 e Mundial/2010) e por isso está na 11.ª colocação, também atrás de Cuba, Bulgária, Argentina e Alemanha. Outra surpresa da Liga Mundial, a Bélgica subiu 13 posições, para o 24.º lugar.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiLiga Mundial

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.