FIVB
FIVB

Vindo do 'country quota', Pedro Solberg e Guto faturam etapa do vôlei de praia

Brasileiros derrotam os italianos Nicolai e Lupo e garantem medalha de ouro na Croácia

Estadao Conteudo

02 de julho de 2017 | 15h14

Os brasileiros Pedro Solberg e Guto conseguiram um grande feito neste domingo. Eles conquistaram a medalha de ouro na etapa de Porec do Circuito Mundial de Vôlei de Praia, na Croácia, após saírem do "country quota", que é a seletiva entre os países. Depois venceram no qualifying para entraram na chave principal. Ao todo, eles precisaram vencer nova partida para chegar ao título da etapa.

Na final deste domingo, eles derrotaram os italianos Nicolai e Lupo por 2 sets a 1, com parciais de 18/21, 25/23, 15/9. "Apenas disse ao Guto que estávamos jogando bem, que não desistíssemos. Ele estava jogando muito bem e pedi que lutássemos até o final, deixássemos tudo que temos em quadra. Eles estavam melhores do que nós na partida, mas trabalhamos juntos até o final, lutamos muito por cada ponto", comemorou Pedro.

Leia Também

Tudo sobre vôlei

Guto exaltou a longa trajetória da dupla até a medalha de ouro. "Passou muita coisa na cabeça, todo caminho que tivemos que percorrer, desde o 'country quota', superando o fato de termos jogados mais vezes. Algumas pessoas tiveram dúvidas sobre nossa equipe após o início do Circuito Mundial, pois não vínhamos alcançando as semifinais. Mas estamos juntos até o final, mostramos essa união hoje", afirmou.

Esta é apenas a terceira vez que uma dupla sai do "country quota" em busca do título. Curiosamente, é a segunda vez que acontece na família Solberg. Antes de Pedro, sua irmã Carolina obteve o feito, ao lado de Maria Elisa, na etapa holandesa da temporada deste ano.

O Brasil acabou cravando uma dobradinha no pódio masculino. Alison e Bruno Schmidt terminaram no terceiro lugar, ao venceram os russos Stoyanovskiy e Yarzutkin por 2 sets a 0, com parciais de 21/15 e 21/18, também neste domingo.

Tudo o que sabemos sobre:
Pedro Solbergvôlei de praiaGuto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.