Vôlei: brasileira é flagrada em exame antidoping na Itália

Ponta Elisângela Paulino, do Castellaneta Grotte, foi pega após partida disputada em 22 de novembro

Redação,

16 de dezembro de 2008 | 15h56

A ponta brasileira Elisângela Paulino, do Castellaneta Grotte, time da primeira divisão do voleibol italiano, foi flagrada em um exame antidoping. O anúncio foi feito nesta terça-feira pelo Comitê Olímpico da Itália.A atleta do Brasil foi pega no dia 22 de novembro após o confronto contra o Monteschiavo Jesi. Ela teria utilizado o estimulante isometepteno. A substância, proibida pela Agência Mundial Antidoping (WADA, na sigla em inglês), serve para aumentar o desempenho físico.A jogadora, que chegou a ser convocada para o jogo das estrelas do campeonato italiano desta temporada, deve ser suspensa preventivamente até seja feita a contra-prova.Elisângela está há quatro anos na Itália e é um dos principais destaques do Castellaneta Grotte. Ela também já passou pelo voleibol turco e japonês. No Brasil, a atleta defendeu equipes como Força Olímpica, Brasília, Macaé e Suzano, antes de deixar o vôlei nacional em 2002. (Com EFE)

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiElisângela Paulino

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.