Divulgação
Divulgação

Vôlei brasileiro vai ao Pan de Guadalajara sem astros e sem Bernardinho

Principais jogadores ficam fora da lista de convocados para a competição no México

AE, Agência Estado

29 de setembro de 2011 | 19h13

RIO - Atual campeã dos Jogos Pan-Americanos, a seleção brasileira masculina de vôlei terá uma equipe reserva e bastante renovada para defender seu título agora em Guadalajara, no México, onde acontece a próxima edição do evento, a partir do dia 14 de outubro. Os principais jogadores do grupo ficaram fora da lista de convocados, divulgada nesta quinta-feira, e nem mesmo o técnico Bernardinho irá ao Pan.

Com a ausência de Bernardinho, o time do Brasil será comandado no Pan por Rubinho, que é um dos auxiliares do treinador. E a lista de convocados mescla jogadores da seleção de novos com alguns nomes que fazem parte do grupo principal, como o levantador Bruno e o central Gustavo.

Do grupo que conquistou o título do Campeonato Sul-Americano no último domingo, em Cuiabá, e garantiu a vaga na Copa do Mundo, apenas três jogadores foram convocados para disputar o Pan: Bruno, reserva de Marlon, o oposto Wallace e o ponteiro Thiago Alves.

Assim, astros como Rodrigão, Lucas, Murilo, Dante, Giba e Serginho não vão para o Pan. Mas, mesmo sem ter força máxima, o Brasil entra como um dos favoritos ao título em Guadalajara, quando deverá ter Cuba, Estados Unidos e Argentina como os principais adversários.

A lista de convocados para o Pan tem os levantadores Bruno e Murilo Radke; os centrais Eder, Gustavo e Maurício Souza; os opostos Wallace Martins e Wallace de Souza; os ponteiros Thiago Alves, Luiz Felipe Fonteles, Renato Russomano e Ricardo Lucarelli; e o líbero Mário Júnior.

No torneio de vôlei masculino do Pan, que acontecerá entre os dias 24 e 29 de outubro, o Brasil está no Grupo B, ao lado de Estados Unidos, Porto Rico e Canadá - a outra chave tem Cuba, Argentina, Venezuela e México. E os treinos da seleção brasileira começam na segunda-feira, em Saquarema (RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.