Divulgação
Divulgação

Vôlei de praia: duas duplas masculinas do Brasil seguem invictas

Alison e Harley e Márcio e Fábio Luiz começam bem a competição pelo Circuito Mundial de vôlei de praia 2009

Agencia Estado

30 de julho de 2009 | 16h43

Duas duplas brasileiras terminaram invictas o primeiro dia de grupos nesta quinta-feira, na etapa de Klagenfurt, na Áustria, do Circuito Mundial de vôlei de praia. Pelo Grupo B, Alison e Harley venceram os holandeses Emiel Boersma e Jorn Huiskamp na primeira partida por 2 a 0 (21/19 e 21/15), em 47 minutos. Para assumir a primeira posição da chave, a dupla derrotou na sequência, também por 2 a 0, o suíço Martin Laciga e o brasileiro naturalizado Bella por 2 a 0, parciais de 21/14 e 22/20. Os estonianos Kristjan Kais e Rivo Vesik, também invictos, serão o adversário de sexta-feira.

Vindos do country-cota (espécie de torneio classificatório), Márcio e Fábio Luiz fizeram um duelo brasileiro contra Ricardo e Emanuel na primeira partida e ganharam por 2 a 1, parciais de 21/15, 14/21 e 15/13. Contra os canadenses Christian Redmann e Rich VanHuizen, a vitória veio com mais tranquilidade, por 2 a 0 (21/15 e 21/18). Já Ricardo e Emanuel se redimiram contra os checos Petr Benes e Premysl Kubala e venceram por 2 a 1 (21/12, 17/21 e 15/8).

Depois de perder o primeiro confronto para os letões Aleksandrs Samoilovs e Ruslans Sorokins, por 2 a 1 (21/17, 20/22 e 15/13), Pedro Solberg e Benjamin asseguraram a vice-liderança do Grupo P ao derrotar os alemães Stefan Uhmann e Stefan Windscheif. A vitória veio com tranquilidade por 2 a 0, parciais de 21/18 e 21/15.

A decepção da quinta-feira veio com os veteranos Franco e Nalbert, que perderam seus dois jogos. Os brasileiros endureceram a primeira partida contra os holandeses Reinder Nummerdor e Richard Schuil, mas perderam por 2 a 1 (21/19, 19/21 e 15/10). No confronto seguinte, foram facilmente batidos pelos austríacos Florian Gosch e Alexander Horst por 2 a 0, parciais de 21/15 e 21/18.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.