Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Vôlei do Brasil é base da seleção mundial para jornal francês

Bernardinho foi eleito, nesta quarta-feira, o melhor técnico de vôlei do mundo pelo jornal francês L´Equipe, que em sua edição publicou a lista dos melhores do mundo e a seleção do ano. Entre os sete jogadores escolhidos, três são brasileiros, deixando claro o domínio completo do País no esporte em 2006. O Brasil conservou seu título de campeão do mundo neste ano e, segundo o diário francês, é a base de qualquer "seleção planetária" na atualidade.Giba foi eleito como o melhor atacante, Gustavo ganhou o título de melhor central de 2006 e o capitão Ricardinho ficou com o prêmio de melhor passador. Os demais jogadores citados na seleção do ano foram Alexei Verbov, líbero russo, Matey Kaziyski, da Bulgária, o polonês Daniel Plinski e o sérvio Ivan Milijkovic.Para o prestigioso jornal francês, Giba é a "grande vedete" do vôlei mundial hoje e demonstrou isso durante o Mundial com seu "jogo explosivo, físico incrível e uma velocidade de braço". Ricardo é o jogador "mais completo de sua posição" pelo terceiro ano consecutivo e consegue misturar "agilidade e maturidade". Gustavo ainda é considerado pelos críticos do jornal francês como símbolo de uma "força tranqüila e regularidade impressionante" da seleção e eleito o melhor em sua posição pelo quinto ano seguido.Se os jogadores brasileiros são tidos como as estrelas mundial do esporte, nenhum elogio supera os feitos pelos críticos europeus a Bernardinho. "Quem pode tirar o trono de Bernardinho?", questiona o diário francês. "Ele ganhou tudo o que podia como a seleção brasileira", afirmam os críticos, que destacam sua "exuberância" no banco e sua condição de melhor técnico de vôlei do mundo na atualidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.