Vôlei feminino bate Argentina na Copa Pan-Americana

Seleção brasileira mantém a invencibilidade com vitória por 3 sets a 1 (26/24, 18/25, 25/13 e 25/18)

Agencia Estado

29 de junho de 2009 | 08h29

A seleção brasileira feminina de vôlei levou um susto no segundo set, mas conseguiu recuperar-se e venceu a Argentina por 3 a 1, com parciais de 26/24, 18/25, 25/13 e 25/18, na noite de domingo, pela Copa Pan-Americana. Foi o segundo resultado positivo da equipe no torneio, disputado nos Estados Unidos - na estreia, as brasileiras derrotaram o Canadá por 3 a 0, com 25/11, 25/12 e 25/13.

O primeiro set foi muito disputado, mostrando que as campeãs olímpicas teriam dificuldades. Mas, após 28 minutos, o Brasil chegou à vitória por 26 a 24. No segundo set, as argentinas conseguiram melhorar ainda mais o nível e venceram por 25 a 18, em 24 minutos.

No terceiro set, a seleção brasileira começou arrasadora e fez 7 a 0. O bloqueio funcionou e marcou 11 pontos. A vantagem foi administrada até o fim e as comandadas de Zé Roberto Guimarães venceram por 25 a 13, em 23 minutos. No quarto set, o time brasileiro chegou a estar atrás no placar, mas se recuperou e dominou as ações para conquistar a vitória por 25 a 18, após 23 minutos.

A seleção brasileira começou jogando com Dani Lins, Sheilla, Fabiana, Carol Gattaz, Mari e Sassá; Fabi entrava como líbero. Thaísa, Natália, Joycinha e Regiane também participaram da partida. O destaque ofensivo foi Sheilla, com 15 pontos.

Após a terceira rodada da Copa Pan-Americana, o Brasil segue em segundo lugar no Grupo B, com um jogo a menos que a República Dominicana, que está na liderança. A Argentina ocupa a terceira posição, seguida por Canadá, em quarto, e Trinidad e Tobago, em quinto. As brasileiras voltam à quadra contra a seleção de Trinidad e Tobago.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.