Vôlei feminino brasileiro vence Tailândia e ainda briga pelo título no Grand Prix

Meninas venceram por 3 sets a 0; com parciais de 25-20, 25-23 e 25-14,

Efe,

30 de junho de 2012 | 04h20

PEQUIM - A seleção feminina de Vôlei do Brasil não teve problemas para derrotar a Tailândia na madrugada deste sábado, 30, em Ningbo (China), e assumiu a liderança provisória da fase final do Grand Prix. Nesta fase final, Estados Unidos, Brasil, Tailândia, Turquia, China e Cuba se enfrentam em turno único, sendo campeã a equipe que somar mais pontos, sem final.

 

As meninas comandadas por José Roberto Guimarães venceram por 3 sets a 0, com parciais de 25-20, 25-23 e 25-14, e chegaram a 10 pontos. Para manter a liderança, os EUA, que têm oito pontos, não podem vencer Cuba logo mais. O destaque brasileiro foi a oposto Sheilla, que marcou 15 pontos. Fernanda Garay também foi bem e contribuiu para o triunfo com 11 pontos.

 

A Tailândia começou melhor e fez 4/0. Fernanda Garay conseguiu boa sequência de saques e o Brasil encostou no marcador (9/8). O set ficou equilibrado. Com muita velocidade e jogadas rápidas, as tailandesas voltaram a abrir (16/12). As brasileiras buscaram a diferença e, com um contra-ataque da ponteira Garay, o Brasil virou (18/17). As brasileiras não saíram mais da liderança e fecharam o set por 25/20.

 

O bloqueio do Brasil funcionou no início do segundo set e as brasileiras foram para a primeira parada técnica com três de vantagem (8/5). O volume de jogo das tailandesas voltou a incomodar e a diferença no marcador caiu para um (13/12). A parcial ficou disputada ponto a ponto. Com um ataque de Sheilla, o Brasil fechou o segundo set por 25/23. O terceiro set seguiu disputado. Depois de um longo rally, a levantadora Fernandinha conseguiu um ponto de contra-ataque e o Brasil fez 10/7. O bloqueio e o saque das brasileiras eram eficientes. Com tranquilidade, o Brasil fechou o set por 25/14.

 

O Brasil encerrará sua participação no Grand Prix às 2h (horário de Brasília) de domingo, quando entrará em quadra para enfrentar a Turquia. O vôlei brasileiro teve uma excelente notícia nesta sexta-feira: a seleção masculina se beneficiou dos dois sets perdidos pela França na vitória contra a Itália para garantir vaga na fase final da Liga Mundial.

 

Mesmo sem entrar em quase há quase duas semanas, a equipe comandada por Bernardinho se classificou por ter o melhor desempenho entre os segundos colocados dos quatro grupos. A fase final da Liga Mundial, que começará já na próxima quarta-feira, já tem garantidos Brasil, Polônia, Cuba, Estados Unidos e Bulgária. O sexto integrante da disputa sairá entre Alemanha, Argentina e Portugal.

Tudo o que sabemos sobre:
Grand PrixVôlei

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.