Vôlei Futuro derruba Pinheiros e reage na Superliga

Após sete derrotas seguidas, o Vôlei Futuro reagiu na Superliga masculina de vôlei, nesta quinta-feira, ao derrotar o Pinheiros/Sky por 3 sets a 1, com parciais de 25/22, 21/25, 25/22, e 25/20, em Araçatuba, pela 13.ª rodada da competição.

AE, Agencia Estado

22 de janeiro de 2010 | 00h06

A equipe anfitriã, que chegou a sua quinta vitória, contou com grande atuação do oposto Ansis, da Letônia. Ele marcou 20 pontos e foi o maior pontuador da partida. Pelo Pinheiros, desfalcado de Giba e Gustavo, o oposto Léo anotou 18.

O triunfo sobre os "galácticos" do Pinheiros foi comemorado pelo técnico do Vôlei Futuro, César Douglas Silva. "Essa vitória foi muito trabalhada. É a oportunidade de melhorar a nossa colocação na Superliga. Conseguimos ter um equilíbrio na saída de jogo e fizemos uma leitura bem detalhada da distribuição de bola do Marcelinho, o que nos facilitou a tocar nas bolas e gerar contra-ataques", analisou.

Já o treinador do Pinheiros/Sky, Carlos Alberto Villar Castanheira, atribuiu a derrota ao excesso de erros de sua equipe. "Erramos em alguns fundamentos, o principal deles foi o ataque. Cometemos erros bobos de passe e de comunicação e eles entraram na partida", comentou o técnico, que perdeu o ponteiro Roca durante a partida. O cubano sentiu dores no ombro e deixou o jogo mais cedo.

Também nesta quinta, o líder Sada Cruzeiro Vôlei venceu mais uma e assegurou a ponta da tabela. Jogando em Itabira, derrotou o Montes Claros/Funadem por 3 sets a 2, parciais de 20/25, 25/19, 21/25, 25/23 e 15/12.

O vice-líder Cimed/Malwee também fez a lição de casa e somou mais uma vitória na Superliga. Em Florianópolis, bateu o Funvic/Uptime Cuiabá por 3 sets a 0 - 25/21, 25/22 e 25/19.

Já o Sesi foi surpreendido pelo Lupo/Náutico/Let''s e caiu por 3 sets a 2, em Araçatuba. Em jogo muito disputado, os donos da casa fizeram 25/20, 20/25, 25/23, 22/25 e 20/18.

Em Santo André, o Fátima/Medquímica/UCS derrotou os donos da casa por 3 sets a 0 (25/19, 25/21 e 25/19), enquanto o Volta Redonda bateu o Álvares/Vitória, em casa, por 3 a 1 - 25/15 e 17/25, 25/23 e 25/19.

Completando a rodada, o Soya/Blumenau/Furb/Barão superou Upis/Brasília por 3 sets a 2, com parciais de 25/21, 25/23, 23/25, 21/25 e 15/12, em Santa Catarina. E o Vivo/Minas derrotou o Brasil Vôlei Clube por 3 a 2 - 21/25, 25/20, 21/25, 25/20 e 20/18.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.