Alexandre Arruda/CBV
Alexandre Arruda/CBV

Vôlei Futuro vence e fica com o bronze na Superliga masculina

A equipe venceu o Vivo/Minas por 3 sets a 0 e conquistou medalha inédita

estadão.com.br

21 de abril de 2011 | 23h44

SÃO PAULO - Depois de quatro temporadas de participação na Superliga Masculina de vôlei, o Vôlei Futuro conquistou seu primeimo pódio da competição. A equipe de Araçatuba venceu o tetracampeão Vivo/Minas (MG), por 3 sets a 0 (25/16, 25/23 e 25/19), em 1h20 de jogo, na Arena Vivo, e assegurou a medalha de bronze.

 

O ponteiro cubano Camejo, do Vôlei Futuro, foi o maior pontuador da partida, com 15 acertos - 11 no ataque, dois no bloqueio e dois no saque. O levantador Ricardinho teve uma excelente atuação e foi eleito o melhor atleta em quadra.

 

Após a partida, o ponteiro Dentinho, do Vôlei Futuro, festejou o melhor resultado da equipe na história da Superliga. "Estou orgulhoso de levar para Araçatuba esta medalha e fazer parte deste grupo. Nosso time é novo e cresceu principalmente nas fases decisivas. Durante a Superliga, tivemos altos e baixos, e algumas lesões, mas, no final, fizemos uma sequência boa de jogos", avaliou.

 

Do lado do Vivo/Minas, apesar da derrota, o sentimento era de alegria por a equipe ter evoluído com relação à última Superliga. Na temporada passada, a equipe mineira terminou na sétima colocação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.