Vôlei: Minas tricampeão da Superliga

Foi um verdadeiro sufoco, mas o Telemig Celular/Minas, finalmente, conseguiu comemorar um título da Superliga Masculina de Vôlei tendo o apoio de sua torcida. Em uma partida que pode se tornar polêmica por um erro do juiz em um momento decisivo do tiebraker, o time mineiro conquistou o tricampeonato ao derrotar o Banespa por 3 sets a 2 (25/23, 25/19, 22/25, 21/25 e 15/8). O jogo começou fácil para o Minas e terminou dramático.Desde o início, a rivalidade entre as equipes estava à flor da pele, porque, segundo os jogadores do Minas, os adversários haviam sido desrespeitosos com a equipe na partida anterior. Em quadra o primeiro set foi bastante disputado, com grande equilíbrio entre as equipes. Apoiada pela torcida, a equipe mineira conseguiu vencer com diferença mínima, 25 a 23.No segundo, o time comandado por Cebola deslanchou. O bloqueio da equipe funcionou, anulando totalmente os ataques do Banespa, que perdeu por 25 a 19. Foi o melhor momento do Minas, que, aparentemente, iria se repetir no terceiro set. No entanto, os saques de Joel mudaram o panorama e o Banespa, que chegou a perder por 10 a 8, ressuscitou e acabou virando o placar para 25 a 22 de forma surpreendente.No quarto set foi a vez de o Banespa mostrar seu melhor vôlei, fechando o placar por 25 a 21. No tiebreaker, prevaleceu a precisão do Minas. O Banespa cometeu vários erros. Um deles, no entanto, foi do juiz, em momento decisivo. Quando o jogo estava 8 a 7 para os mineiros, o árbitro não deu um ace de Joel que poderia empatar a partida. Após o lance, o Minas dominou o set e selou a hegemonia no vôlei, já que a equipe feminina também venceu a Superliga.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.