Zé Roberto admite superioridade dos EUA na final do Grand Prix

O técnico José Roberto Guimarães reconheceu a superioridade dos Estados Unidos na final do Grand Prix de vôlei, após a derrota da seleção brasileira feminina por 3 sets a 0. Com a vitória, a equipe americana se sagrou bicampeã da competição.

AE, Agência Estado

28 de agosto de 2011 | 12h08

"Hoje, os Estados Unidos são a melhor equipe do mundo. É um time que defende bem e erra muito pouco. É sempre difícil jogar contra elas, principalmente pelo volume de jogo. O nosso saque a nossa defesa não foram tão eficientes como na última partida. As americanas mereceram o título", afirmou Zé Roberto, que bateu a equipe rival na fase anterior por 3 sets a 1.

Para a central Thaisa, dona do melhor saque da competição, o Brasil não mostrou o mesmo desempenho do duelo anterior, pela fase final. "Não jogamos como na sexta-feira. Tentamos nos recuperar, mas não deu certo. Estou feliz pelo prêmio de melhor saque, mas trocaria a premiação pelo título. Ainda temos muito o que melhorar", avaliou, já projetando os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, quando a equipe defenderá o título olímpico de 2008.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiGrand PrixBrasilZé Roberto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.