CBV/Divulgação
CBV/Divulgação

Zé Roberto analisa rivais da seleção no Pré-Olímpico e festeja retorno de Tandara

Vitorioso técnico acredita que partida contra República Dominicana será a mais complicada na primeira fase

Redação, Estadão Conteúdo

24 de julho de 2019 | 19h00

A uma semana do início da disputa do Pré-Olímpico que vai garantir uma vaga nos Jogos de Tóquio-2020, o técnico José Roberto Guimarães analisou, nesta quarta-feira, as equipes de Camarões, Azerbaijão e República Dominicana, adversários da seleção brasileira feminina de vôlei na competição, que será disputada em Uberlândia (MG).

"Sabemos que Camarões é uma equipe em fase de aprendizado e tem jogadoras que atuam na França. O Azerbaijão tem duas atacantes muito fortes e vamos precisar tomar cuidado. É um time treinado por um italiano, o Giovannni Caprara, que incomodou muitas equipes no Mundial de 2018. A República Dominicana é treinada pelo brasileiro Marcos Kwiek, que tem feito bons resultados nas últimas competições e o grupo conta com ótimas atacantes. Será um jogo difícil e vamos precisar estar preocupados com nosso volume de jogo e situação de saque, bloqueio e defesa", disse o treinador, em Saquarema, onde o selecionado treina para os jogos entre os dias 1º e 3 de agosto.

Uma das novidades no time brasileiro será a oposta Tandara, recuperada de uma lesão no tornozelo esquerdo. "É o evento mais importante do ano e estamos nos dedicando ao máximo. Estou treinando há dois meses. Tive uma lesão séria, mas me recuperei bem e treino com o grupo completo há duas semanas. Estou me dedicando cada vez mais e espero poder fazer o meu melhor no Pré-Olímpico", explicou a jogadora, que vai disputar sua primeira competição no ano.

Zé Roberto festejou o fato de poder contar com a atleta no grupo da equipe nacional. "A Tandara é uma jogadora com grande experiência internacional que vai agregar bastante ao nosso time nos dando um leque maior de opções", destacou.

O Brasil estreia no Pré-Olímpico no dia 1º, contra Camarões, às 14h15. No dia seguinte, no mesmo horário, o rival será o Azerbaijão. Dia 3, a seleção brasileira, vice-campeã da Liga das Nações, vai ter pela frente a República Dominicana, às 10 horas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.