Leandro Martins/MPIX/CBV
Leandro Martins/MPIX/CBV

Zé Roberto prevê jogo difícil contra China na fase final do Grand Prix

Estreia será justamente diante da atual campeã olímpica e em solo chinês

Estadão Conteúdo

31 de julho de 2017 | 15h10

O técnico José Roberto Guimarães revelou nesta segunda-feira sua preocupação com o jogo de estreia da seleção brasileira feminina de vôlei na fase final do Grand Prix. Atual campeão, o Brasil terá pela frente a equipe da China, que é a atual campeã olímpica e jogará diante de sua torcida, na cidade de Nanjing. Foi justamente a China que eliminou o Brasil na Olimpíada do Rio, nas quartas de final.

"A China é atual campeã olímpica e manteve a mesma base dos Jogos Olímpicos do Rio-2016. Elas vão jogar em casa e terão o apoio da torcida. É uma grande equipe, com uma das melhores atacantes do mundo, a Zhu. É o time a ser batido no mundo", comentou o treinador, que completou 63 anos nesta segunda.

Diante desta dificuldade, Zé Roberto aposta no saque e no bloqueio da seleção, que vem fazendo a diferença neste Grand Prix, para derrubar as favoritas. "O nosso saque será muito importante, assim como o nosso sistema defensivo. Tivemos a oportunidade de treinar a nossa relação entre o bloqueio e a defesa nesses dias que antecederam a fase final e vamos precisar ter um passe melhor", ponderou. Um dos destaques da seleção neste Grand Prix, a oposta Tandara também aposta no saque para surpreender. "A China é um time que erra muito pouco e joga com velocidade. Vamos precisar sacar muito bem e a nossa virada de bola precisará ser eficiente. Temos que manter a agressividade que apresentamos nos jogos em Cuiabá e o bom aproveitamento que tivemos no bloqueio", disse a jogadora, referindo-se à última semana da fase de classificação, disputada em Cuiabá.

A estreia das brasileiras nesta fase final será às 8h30 (horário de Brasília) desta quarta-feira. O jogo será válido pelo Grupo J, que terá também a Holanda. O duelo contra as holandesas está marcado para a quinta, no mesmo horário. A chave K tem Sérvia, Estados Unidos e Itália.

Os dois melhores times de cada grupo avançam às semifinais. E as vencedoras vão decidir o título, no fim de semana.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiZé Roberto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.