Zé Roberto vê derrota para EUA como 'aprendizado'

O treinador José Roberto Guimarães acredita que a derrota para os Estados Unidos, neste domingo, em São Bernardo do Campo (SP), pelo Grand Prix, serviu como um "grande aprendizado" para a seleção brasileira feminina de vôlei. "Estamos ajustando o time e, no momento, os Estados Unidos estão com o time mais encorpado. Ainda cometemos muitos erros e isso precisa diminuir. Apesar disso, gostei do espírito do grupo", disse o treinador do Brasil.

AE, Agência Estado

17 de junho de 2012 | 19h52

Ele ainda elogiou e parabenizou a equipe dos Estados Unidos, afirmando que a vitória das norte americanas por 3 sets a 1 foi merecida. "Tirando o primeiro set, as americanas dominaram a partida. O saque viagem, da Larson e da Logan, dificultou o nosso passe. O resultado foi merecido", avaliou Zé Roberto, ressaltando que entende que os Estados Unidos atualmente servem de parâmetro para as outras seleções do vôlei feminino.

"O nosso bloqueio e a nossa defesa foram bem, mas falhamos na parte ofensiva. Os Estados Unidos têm um grande time e não podemos cometer erros bobos contra elas. Acredito que estamos no caminho certo", afirmou a central Thaisa, que foi a maior pontuadora do Brasil no jogo, com 20 pontos.

Com a derrota deste domingo, o Brasil perdeu a invencibilidade na 20ª edição do Grand Prix. As brasileiras somam agora cinco vitórias e uma derrota na competição, pela qual voltam a jogar no próximo fim de semana, em Luhoe, na China.

Tudo o que sabemos sobre:
vôleiGrand Prixseleção brasileira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.