Bruno Cantini/ Atletico
Bruno Cantini/ Atletico

Atlético-MG leva virada em dois minutos, mas busca empate contra a Ponte Preta

Equipe mineira conta com gol de Rafael Moura no segundo tempo para evitar derrota

Estadão Conteúdo

28 Maio 2017 | 13h30

O Atlético-MG continua sem ganhar no Campeonato Brasileiro. Mesmo com o apoio de sua torcida não foi além do empate, por 2 a 2, com a Ponte Preta, neste sábado, na Arena Independência, em Belo Horizonte (MG), pela terceira rodada.

O jogo foi de alternativas. Robinho abriu o placar no primeiro tempo, mas a Ponte Preta virou em dois minutos na etapa final, com dois gols de Lucca, obrigando o Atlético correr atrás do empate com Rafael Moura.

Com o resultado, o time mineiro soma apenas dois pontos, em 15.º lugar, enquanto que o time paulista está mais bem colocado, com quatro pontos, em sétimo. O Atlético-MG agora volta às atenções para a Copa do Brasil. Depois de perder o jogo de ida das oitavas de final para o Paraná por 3 a 2, a equipe alvinegra tentará reverter o placar na quarta-feira, no Independência.

O JOGO

O Atlético começou o jogo pressionando a Ponte Preta. Logo aos oito minutos, Cazares cruzou na medida para Fred, que desviou para grande defesa de Aranha. O clube campineiro optou por uma marcação pressão e pouco deixou os atacantes adversários ameaçarem.

Mas quando conseguiu furar o bloqueio do visitante, o Atlético chegou ao gol. Aos 35 minutos, Cazares acionou Marcos Rocha pela direita. O lateral avançou e rolou para Robinho só empurrar para o fundo das redes.

O time mineiro voltou para o segundo tempo apático, sofreu um 'apagão' e viu a Ponte Preta marcar em duas oportunidades. Logo aos dois minutos, Lins puxou o contra ataque e tocou para Wendel. O volante cruzou na medida para Lucca, que deu um carrinho para conseguir deixar tudo igual.

Dois minutos depois, Léo Artur deu belo passe de letra para Lins. Dentro da área, o atacante rolou para Lucca fazer o seu segundo gol na partida. Atrás do placar, Roger Machado se viu obrigado a colocar o time para cima, mas encontrou uma Ponte bem postada defensivamente.

Foi aí que Roger Machado colocou Rafael Moura em campo, e o atacante foi decisivo no empate atleticano. Após cobrança de escanteio, a bola ficou viva na área campineira. O centroavante apareceu e cabeceou para as redes aos 34 minutos.

Os últimos minutos foram emocionantes com chances claras para os dois lados. O placar não mudou e a torcida, de quase 20 mil pessoas, vaiou no final.

Na próxima rodada, o Atlético Mineiro visita o Palmeiras no domingo, às 16h, no Allianz Parque, em São Paulo (SP). No mesmo dia e horário, a Ponte Preta recebe o São Paulo no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-MG 2 X 2 PONTE PRETA

ATLÉTICO-MG - Victor; Marcos Rocha, Felipe Santana, Gabriel e Fábio Santos; Adilson (Maicosuel), Rafael Carioca, Elias e Cazares (Rafael Moura); Robinho (Otero) e Fred. Técnico: Roger Machado.

PONTE PRETA - Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Kadu e João Lucas; Naldo, Elton, Wendel (Rodrigo) e Ravanelli (Léo Artur); Lucca e Lins (Claudinho). Técnico: Gilson Kleina.

GOLS - Robinho, aos 36 minutos do primeiro tempo. Lucca, aos dois e aos quatro, e Rafael Moura, aos 34 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Wagner do Nascimento Magalhaes (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Fábio Santos e Otero (Atlético-MG); Nino Paraíba e Kadu (Ponte Preta).

RENDA - R$ 485.735,00.

PÚBLICO - 19.553 torcedores.

LOCAL - Arena Independência, em Belo Horizonte (MG).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.