Reprodução|Twitter.com|_sccpnews
Reprodução|Twitter.com|_sccpnews

Confronto entre torcidas de Corinthians e Coritiba deixa sete feridos no Paraná

Delegado chegou a informar equivocadamente a morte de um corintiano no conflito

Gonçalo Junior, O Estado de S. Paulo

18 Junho 2017 | 10h34

Sete pessoas ficaram feridas durante um confronto entre torcedores do Coritiba e do Corinthians por volta das 8h30 deste domingo, em Curitiba, horas antes do confronto entre as duas equipes pelo Campeonato Brasileiro. As informações são da Polícia Militar do Paraná.

A confusão ocorreu nas proximidades do estádio Major Antônio Couto Pereira, no bairro Alto da Glória e também nas ruas Mauá, 7 de Abril e Amâncio Moro. Essa última fica próxima da sede da Império Alviverde, uma das torcidas organizadas do Coritiba.

Em um vídeo que circula pelas redes sociais, o ônibus da torcida do Corinthians aparece sendo alvo de pedradas, enquanto um homem é agredido e fica desacordado no chão.

Os torcedores tiveram ferimentos moderados e foram socorridos pelo Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) e encaminhados para hospitais da região. O Siate também socorreu outros dois homens que não quiserem ser encaminhados para os hospitais.

O delegado Clóvis Carvalho, da Delegacia Móvel de Atendimento a Futebol e Eventos (Demafe), chegou a informar equivocadamente a morte de um torcedor no conflito. O próprio twitter oficial do Corinthians lamentou o falecimento. Logo depois, porém, Carvalho voltou atrás e diz ter se enganado com a informação.

Coritiba e Corinthians ficaram no empate sem gols pela oitava rodada do Brasileiro. O resultado faz o clube paulista ficar sob risco de perder a liderança do Brasileiro. Para isso acontecer, o Grêmio terá de ganhar do Cruzeiro, nesta segunda, no Mineirão.

 

Mais conteúdo sobre:
futebol Corinthians Coritiba torcida

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.