Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Corinthians abusa dos erros e perde para o São Bento na volta à Arena

Alvinegro chega à segunda derrota consecutiva com revés dentro de casa, por 1 a 0

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

14 Fevereiro 2018 | 23h42

Em um jogo que sobraram erros de passes e faltaram finalizações, o Corinthians perdeu para o São Bento por 1 a 0, em sua volta para casa, na estreia de Danilo na temporada, e mais uma vez apresentou erros que mostram que o técnico Fábio Carille terá muito trabalho pela frente. 

+ TEMPO REAL - Corinthians 0 x 1 São Bento

+ TABELA - Confira a classificação do Paulistão

No ritmo de carnaval, o Corinthians entrou em campo com a impressão de que nunca havia atuado junto. Faltava harmonia e evolução para o time de Carille e, em partes, por causa da mudança no time feita pelo treinador. A entrada de Marquinhos Gabriel no lugar de Clayson não surtiu o efeito esperado pelo comandante corintiano. Só piorou o time.

Sem conseguir trocar passes, devido ao excesso de erros com a bola no pé de seus meias, o Corinthians usou e abusou das jogadas individuais, que também não tiveram qualquer efeito. O São Bento foi à campo no 4-5-1, com três volantes de marcação, ao contrário do time da casa, que tinha uma formação ofensiva, mas sem criatividade. 

Mais do que a evolução do meio para frente, algo que parece ser ainda mais problemático neste início de ano para o Corinthians é o sistema defensivo. Gabriel, mais uma vez, esteve sobrecarregado por ser o único volante do time. Na zaga, mesmo com a entrada de Henrique, mais experiente que Pedro Henrique, as falhas de posicionamento continuaram e foi assim que o São Bento abriu o placar. Aos 23, João Paulo aproveitou cobrança de escanteio, desviou de cabeça e marcou. Dos seis gols sofridos pelo Corinthians no Paulista, a metade foi em cruzamentos para a área.

+ Antero Greco - Corinthians e a pulga atrás da orelha

+ Danilo elogia o São Bento e faz alerta: 'Temos que saber sair da marcação'

No segundo tempo, Carille resolveu mexer no time para tentar criar algo novo que pudesse, pelo menos, fazer o time errar menos. Melhorou em partes. Clayson conseguiu abrir espaço na marcação e o  time conseguiu ter mais a bola no pé. Então, um outro problema, esse já bem conhecido deu as caras: a falta de um finalizador.

A bola ficava rondando a área e ninguém conseguia arriscar um chute. Carille recorreu ao veterano Danilo. Aliás, sua entrada foi comemorada como um gol pelos torcedores. Mais do que o empate, o treinador - e os corintianos presentes na Arena - buscavam alguém para ocupar a dura missão de ser a referência do ataque. Mas mais um jogo se passa e o Corinthians decepciona sua torcida.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 0 x 1 SÃO BENTO

Gol: João Paulo, aos 23 do 1º tempo. 

Corinthians: Cássio; Fagner, Balbuena, Henrique e Juninho Capixaba; Gabriel (Danilo), Marquinhos Gabriel (Clayson), Rodriguinho, Jadson (Camacho) e Romero; Júnior Dutra. Técnico: Fábio Carille. 

São Bento: Rodrigo Viana; Régis Souza, João Paulo (Rogério), Luizão e Marcelo Cordeiro; Fábio Bahia, Diego Felipe, Celsinho (Léo Itaperuna), Maicon Souza e Lucas Crispim; Anderson Cavalo (Lucas Farias). Técnico: Paulo Roberto Santos. 

Juiz: Flávio Rodrigues de Souza. 

Amarelos: Maicon Souza,  Júnior Dutra, Henal, Marcelo Cordeiro e Lucas Farias. 

Público: 14.493 pagantes. (R$ 603.122,90.) 

Local: Arena Corinthians.

Mais conteúdo sobre:
Corinthians Campeonato Paulista futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.