Ivan Storti/Divulgação
Ivan Storti/Divulgação

Santos ameniza treinos para manter embalo contra o Flu na estreia do Brasileirão

Time da Vila estreia contra cariocas no Maracanã às 11h

O Estado de S. Paulo

13 Maio 2017 | 20h00

O desgaste vem sendo uma preocupação recorrente no Santos. Ainda assim, mesmo com uma desafiante sequência de partidas e viagens nas últimas semanas, Dorival Júnior deve escalar força máxima para a estreia do Campeonato Brasileiro, contra o Fluminense, neste domingo, às 11 horas, no Maracanã, no Rio de Janeiro.

Pela Copa do Brasil, a equipe fez dois jogos contra o Paysandu, o último deles na quarta-feira, no Mangueirão, em Belém, quando venceu por 3 a 1 e se garantiu nas quartas de final. Há, ainda, a preocupação com a Copa Libertadores e o difícil confronto com o The Strongest (Bolívia) na próxima quarta, fora de casa.

Assim, além de administrar a sequência de jogos, o treinador precisa se preocupar com os longos trajetos percorridos e as horas perdidas em voos e aeroportos. E uma maneira de preservar seus titulares foi poupá-los de alguns treinamentos.

Na sexta-feira, por exemplo, os atletas que venceram o Paysandu apenas fizeram um trabalho na academia. Descansados, eles devem iniciar o jogo contra o Fluminense, com a possível exceção de Renato e Ricardo Oliveira, dois dos atletas mais experientes do elenco. Seus substitutos seriam Leandro Donizete e Kayke.

Por outro lado, Cleber virou baixa de última hora após ser vetado pelo departamento médico do clube. Titular durante a vitória sobre o Paysandu, o zagueiro apresentou maior desgaste que os demais atletas e, assim, após indicação do departamento médico, ele permanecerá no CT Rei Pelé, em Santos, realizando trabalhos de prevenção.

"No Rio, (possivelmente) vai estar muito calor e precisamos estrear em bom nível no Brasileirão", analisou Dorival. "Não vamos priorizar nenhuma competição, mas é claro que teremos cuidado. Não posso correr o risco de perder algum jogador por uma possível lesão."

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Lucas, Renato Chaves, Henrique e Léo; Orejuela, Wendel e Sornoza; Wellington Silva, Richarlison e Henrique Dourado. Técnico Abel Braga.

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Yuri e Jean Mota; Renato (Leandro Donizete), Thiago Maia e Lucas Lima; Vitor Bueno, Bruno Henrique e Ricardo Oliveira (Kayke). Técnico: Dorival Júnior.

Árbitro: Wagner Reway (MT)

Horário: 11h

Local: Maracanã

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.