Jogo das Estrelas da LBF também será no Parque Olímpico do Rio
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Jogo das Estrelas da LBF também será no Parque Olímpico do Rio

A exemplo do NBB, partida festiva do feminino também será nas instalações que foram utilizadas na Olimpíada

Marcius Azevedo

17 de fevereiro de 2022 | 19h25

O Jogo das Estrelas da Liga Feminina de Basquete volta nesta temporada e vai acontecer em local inédito em junho: o Parque Olímpico da Barra, no Rio de Janeiro. O local também vai receber o mesmo evento do Novo Basquete Brasil (NBB), em março.

O acordo foi fechado nesta quinta-feira, após encontro entre o presidente da LBF, Ricardo Molina, o secretário especial do esporte do Governo Federal, Marcelo Magalhães, o secretário especial adjunto, André Alves, e o secretário nacional de esporte de alto rendimento, Bruno Souza, em Brasília.


A edição de 2018 foi realizada em Santo André, com 3.500 pessoas no ginásio. Foto: João Pires / LBF

“Fomos atendidos com muita prontidão e isso foi determinante para que a LBF pudesse realizar um evento tão importante quanto o Jogo das Estrelas no Rio de Janeiro. Saber que a Secretaria Especial do Esporte tem mantido políticas em prol do basquete é algo muito bom”, afirmou Molina. “É importante este jogo ser disputado em um Estado que tem potenciais equipes que, futuramente, podem estar na LBF.”

“Estamos muito felizes com o retorno do Jogo das Estrelas da LBF após dois anos sem ser disputado e mais felizes ainda pelo fato de que ele será realizado no Parque Olímpico. Competições deste porte devem ser sediadas no Parque Olímpico, que é o nosso grande legado dos Jogos Rio 2016”, afirmou o secretário nacional de esporte de alto rendimento da Secretaria Especial do Esporte, Bruno Souza.

Transformado em campanha beneficente de brinquedos e alimentos nos últimos dois anos, por causa da pandemia do coronavírus, o Jogo das Estrelas teve sua última edição realizada em junho de 2019, em Araraquara.

A temporada 2022 da LBF começa em 8 de março com a partida entre o Ituano Basquete, atual campeão brasileiro, e o Sesi Araraquara, campeão paulista, em Itu.

A novidade é a volta do público aos ginásios, mediante apresentação do esquema vacinal completo ou teste RT/PCR negativo realizado em até 48 horas, além do cumprimento das normas sanitárias, como uso de máscara e distanciamento social. A capacidade de lotação autorizada para cada partida acompanhará os decretos municipal/estadual vigentes na data da realização da partida.

Tudo o que sabemos sobre:

Liga Feminina de Basquetebasquete

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.