Reprodução/Twitter/NBA
Reprodução/Twitter/NBA

Em Los Angeles, NBA abre espaço para inovação e testa formato do All-Star Game

Ao contrário dos últimos anos, equipes foram escolhidas a dedo por dois capitães, LeBron James e Stephen Curry

Estadão Conteúdo

18 de fevereiro de 2018 | 09h18

A tradição abre espaço para uma inovação. A NBA testa neste domingo, às 22 horas, no ginásio Staples Center, em Los Angeles, o novo formato do All-Star Game. As equipes das conferências Leste e Oeste foram substituídas pela rivalidade entre LeBron James e Stephen Curry, aflorada pela disputa de três finais consecutivas entre Cleveland Cavaliers e Golden State Warriors.

+ NBA anuncia times para o All-Star Game escolhidos pelos capitães LeBron e Curry

+ Mais notícias de basquete

Os astros foram eleitos os capitães das equipes por terem sido os mais votados pelo público e, em um draft secreto - foi um pedido de Stephen Curry -, escolheram os times. Mais votado, LeBron James foi o primeiro e selecionou Kevin Durant, companheiro do rival. Eles vão atuar pela primeira vez juntos no evento.

A avaliação da imprensa norte-americana foi de que LeBron James teve um desempenho melhor nas escolhas. O astro do Cleveland Cavaliers acredita que o novo formato pode deixar o jogo mais atrativo. O All-Star Game recentemente virou uma partida de exibição.

"Temos de competir. Acho que os dois times são competitivos", afirmou LeBron James. "Nossos fãs merecem isso. Nós, como jogadores, merecemos. Estou ansioso para o jogo".

+ Dinwinddie, Booker e sensação Mitchell vencem noite de desafios do All-Star Weekend

+ Bogdanovic brilha no jogo de calouros e rapper brilha entre celebridades

COMPETITIVIDADE?

Talvez pensando deixar os atletas com mais vontade de vencer - ao menos em comparação com os últimos anos, a NBA também aumentou em 100% o valor da premiação do All-Star Game. Os jogadores da equipe vencedora vão faturar US$ 100 mil (R$ 323 mil). Os perdedores levarão para casa US$ 25 mil (R$ 77 mil).

O calendário normal da NBA retorna apenas próxima na quinta-feira, e os jogadores deverão utilizar esse tempo para folgas e treinamentos das renovadas equipes - a janela de transferências da liga se encerrou há menos de duas semanas com trocas entre vários times, com destaque para o reformulado Cleveland Cavaliers, que se desfez de nomes como Isaiah Thomas, Dwyane Wade e Derrick Rose, dentre outros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.