Cesar Greco / Palmeiras
Cesar Greco / Palmeiras

Abel Ferreira elogia trabalho de Ceni antes de final entre Palmeiras e São Paulo no Paulistão

Rivais se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h40, no Morumbi, pelo primeiro jogo decisivo do Estadual

Redação, O Estado de S.Paulo

29 de março de 2022 | 16h04

Na véspera da primeira final do Paulistão, os técnicos de Palmeiras e São Paulo, Abel FerreiraRogério Ceni, estiveram acompanhados do zagueiro Gustavo Gomez e do lateral-direito Rafinha, e deram entrevista coletiva na sede da Federação Paulista de Futebol nesta terça-feira, em um clima leve antes da decisão. O treinador português aproveitou para analisar o adversário tricolor e fez questão de elogiar o trabalho de Ceni.

"A verdade é que, em pouco tempo, ele conseguiu implementar sua ideia de jogo. O 4-2-2-2 é uma forma difícil de se parar, tem muita mobilidade. Eles passaram um período turbulento, mas deram a volta por cima. Possuem maturidade competitiva e um bom padrão de jogo", explicou Abel.

"Já joguei contra o Rogério algumas vezes (risos). Ele ainda não me conhecia, mas eu do outro lado do mundo já sabia que ele era o goleiro que mais fez gols no mundo. Nunca imaginei sonhar em atravessar o Atlântico e jogar contra ele como treinador. Eu falo para os meus jogadores que vamos enfrentar um grande rival. Se queremos ser os melhores, precisamos vencer os melhores".

O técnico Abel Ferreira já venceu duas Copas Libertadores, uma Copa do Brasil e uma Recopa Sul-Americana pelo Palmeiras, mas ainda não conquistou um título do Campeonato Paulista. Depois de perder a final do Paulistão do ano passado para o São Paulo, a equipe alviverde pode dar ao técnico português a revanche e mais uma taça para o clube.

A vitória do Palmeiras sobre o São Paulo por 1 a 0 no início deste ano também pelo Paulistão foi a única derrota em clássicos de Ceni esse ano. "Um jogo que começou muito equilibrado, depois abrimos o marcador e o adversário nos empurrou para trás, muito bem organizado. É uma equipe que joga com muita gente por dentro, uma boa mistura entre jovens e experientes. São as duas melhores equipes na final do torneio, o que nem sempre acontece. O São Paulo tem essa vantagem no primeiro jogo de atuar em casa, só com a presença de sua torcida. Respeitamos muito nosso adversário, mas queremos vencer".

Abel voltou a pedir mudanças no calendário brasileiro para reduzir datas e melhorar a recuperação física dos jogadores e aumentar o nível de intensidade das partidas.

Federação Paulista de Futebol (FPF) anunciou, na segunda-feira, os árbitros sorteados para as duas finais do Campeonato PaulistaDouglas Marques das Flores será o árbitro principal do primeiro jogo, e o segundo duelo, previsto para domingo, às 16 horas, no Allianz Parque, será dirigido por Raphael Claus.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.