Rui Ochoa/Presidência da República
Rui Ochoa/Presidência da República

Abel Ferreira repete Jorge Jesus e é condecorado pelo presidente de Portugal

Técnico foi reconhecido devido ao excelente trabalho no Palmeiras, campeão da Copa do Brasil e da Copa Libertadores

Redação, Estadão Conteúdo

22 de março de 2021 | 17h48

Não há honraria maior em Portugal que ser condecorado Comendador da Ordem do Infante D. Henrique. Jorge Jesus recebeu a homenagem em 2019 pelos títulos com o Flamengo e, nesta segunda-feira, o técnico Abel Ferreira foi o agraciado pelo presidente, Marcelo Rebelo de Sousa, em reconhecimento ao excelente trabalho no Palmeiras, campeão da Copa do Brasil e da Copa Libertadores.

Abel Ferreira havia se emocionado bastante ao receber ligação do presidente após a conquista da Libertadores. Foi parabenizado e convidado para um "encontro" quando voltasse ao país de origem, o que ocorreu agora com suas férias na terra natal.

O presidente português fez questão de entregar pessoalmente a medalha ao palmeirense. Diferentemente do Brasil, Portugal sempre reconhece seus heróis. A comenda da Ordem do Infante D. Henrique é concedida para portugueses que tenham "prestado serviços que valorizem a história do país".

Abel engrandeceu a imagem de Portugal trabalhando no Brasil e elevou o reconhecimento do Palmeiras na Europa. Com apenas quatro meses de trabalho, ergueu duas taças e os compatriotas não se cansam de falar dos "feitos do Palmeiras de Abel".

O treinador passa os últimos dias de férias com a família em Portugal. Volta em breve ao Palmeiras para tentar repetir uma temporada vencedora com a de 2020, com a tríplice coroa. Ele diz que será ainda mais complicado, mas aposta na força do elenco para seguir entre os melhores times do País.

Vai começar pelo Paulistão, mas pode erguer a primeira taça já no mês de abril, na final diante do Flamengo da Supercopa do Brasil, que reúne o campeão da Copa do Brasil e o do Brasileirão. E também na Recopa Sul-Americana, contra o argentino Defensa y Justicia, nos dias 7 e 14. Depois ele terá Libertadores, Brasileirão e Copa do Brasil pela frente.

Enquanto o técnico e os titulares descansam após exaustiva e vitoriosa temporada, os reservas seguem treinando normalmente na Academia de Futebol no aguardo do retorno do Paulistão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.