Cesar Greco / Palmeiras
Cesar Greco / Palmeiras

Abel se revolta de novo com maratona: 'No Paulista, faremos o que for possível'

Apenas 48 horas depois de jogar pela Libertadores, o Palmeiras terá pela frente o clássico contra o Santos

Redação, Estadão Conteúdo

05 de maio de 2021 | 08h38

O Palmeiras venceu o Defensa y Justicia por 2 a 1, na terça-feira, na Argentina, e se manteve com 100% de aproveitamento na Copa Libertadores. Está com a vaga encaminhada às oitavas de final da competição continental, mas agora volta as suas atenções nesta semana para as duas rodadas restantes da fase de classificação do Campeonato Paulista Sicredi 2021, no qual não depende de suas forças para avançar ao mata-mata.

Apenas 48 horas depois de jogar pela Libertadores, o Palmeiras terá pela frente o clássico contra o Santos, nesta quinta-feira, no estádio Allianz Parque, em São Paulo. E no domingo encara a Ponte Preta, em Campinas (SP). Precisa vencer os dois jogos e torcer por tropeços do Novorizontino contra Botafogo-SP e Corinthians para se classificar às quartas de final.

O técnico português Abel Ferreira voltou a mostrar muita insatisfação com o calendário de jogos do Palmeiras neste início de temporada 2021. Ressaltando que os atletas que entraram em campo na terça-feira estarão impedidos de atuar contra o Santos, por questões de precaução, ressaltou que, se tiver que montar um time "sub-17", assim o fará.

"Temos 24 horas para preparar cada jogo. Já falamos o que significa o Paulista para nós. Eu sei que muita gente fala do nosso planejamento, da nossa organização, mas nós não controlamos a pandemia. Não temos culpa de ter que fazer dois jogos a cada três dias. Portanto, temos que priorizar competições", afirmou.

"No Paulista, faremos o que for possível. Vamos tentar escalar a melhor equipe, mas sabendo que tem jogadores que jogaram hoje (terça-feira) e não podem jogar daqui a dois dias. Já temos jogadores lesionados, fruto da pandemia e da organização dos jogos, que nada tem a ver com a organização do treinador ou da estrutura de futebol do Palmeiras, que quer entrar para vencer todas as competições. Portanto, vamos ter que dar nosso melhor nas competições com os recursos que tivermos", seguiu. "Se contra o Santos tivermos que entrar com o sub-17, vamos com o sub-17. Ou com o sub-20. Vamos dar o nosso melhor no Paulista. Foi o que prometemos", completou Abel Ferreira.

VEJA OS GOLS DO PALMEIRAS NA LIBERTADORES

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.