Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

'Anfitrião', Carlos Sánchez cobra vitória do Santos em Montevidéu

Equipe de Jorge Sampaoli enfrenta o River Plate-URU nesta terça-feira, pela Sul-Americana

Redação, Estadão Conteúdo

11 Fevereiro 2019 | 22h18

"Anfitrião" do duelo desta terça-feira, em Montevidéu, o meia Carlos Sánchez cobrou uma vitória do Santos contra o River Plate, do Uruguai, nesta terça-feira, no jogo de ida do confronto válido pela Copa Sul-Americana. Será a estreia da equipe brasileira na competição.

"Podemos decidir em casa, mas seria bom fazer o resultado como visitante. Vai ser um jogo difícil", afirmou o jogador do Santos, após o treino da equipe em solo uruguaio, nesta segunda.

Enquanto o Santos tenta embalar na temporada sob o comando do técnico Jorge Sampaoli, o River Plate fará sua estreia no ano, porque o campeonato nacional ainda não começou. Mesmo assim, Sánchez espera um jogo duro, típico de um confronto contra um adversário uruguaio.

"Vai ser um jogo muito difícil porque sabemos que é um confronto de 180 minutos. Vai ser uma partida dividida, temos que jogar com concentração. Como todo time uruguaio, o River joga com muita força, garra. Vamos tentar fazer nosso jogo, buscar tranquilidade para decidir em casa", declarou.

Nas arquibancadas, o Santos deve contar com torcedores uruguaios. Isso porque Sánchez terá familiares e amigos no local. O meio-campista nasceu em Montevidéu e atuará em casa, como um "anfitrião" do jogo.

"É sempre lindo voltar ao Uruguai, ficar com os familiares. Espero que eles aproveitem este momento, na minha companhia", afirmou.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.