Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Após expulsão, Sheik escapa de punição e pode ser titular no Corinthians

Atacante foi expulso com menos de dois minutos em campo

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

05 Maio 2018 | 07h02

Fábio Carille decidiu não dar qualquer punição ao atacante Emerson Sheik, expulso com apenas 1m40s de campo na derrota do Corinthians por 1 a 0 para o Independiente, na quarta-feira, pela Libertadores. O técnico conversou com o jogador e decidiu lhe dar mais um voto de confiança antes de aplicar alguma pena.

+ Destaque da base pode deixar o Corinthians de graça

+ Carille diz que estratégia vai definir se Pedrinho será titular

+ TJD nega pedido do Palmeiras para anular final do Paulista

"Já vi o lance e já está tudo resolvido. Conversamos e está tudo bem. Ele está relacionado e vai para a jogo. Ele tem 39 anos e temos de ter certos cuidados", disse o treinador, que pode até escalá-lo como titular diante do Ceará, domingo, na Arena Corinthians. 

merson pode ser escalado no lugar de Jadson, substituição que ocorreu no confronto com os argentinos. Embora tenha escapado de punição no Corinthians, o atacante deve pegar alguns jogos de suspensão da Conmebol. Em expulsões parecidas com outros atletas, a entidade aplicou três jogos de punição. 

A definição do Corinthians para encarar o Ceará acontece na manhã deste sábado, no CT Joaquim Grava. Na sexta-feira, Carille avisou que faria até seis mudanças na equipe e adiantou que Henrique, Balbuena, Gabriel e Maycon devem jogar. 

Mais conteúdo sobre:
Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.