Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Rubens Chiri/São Paulo FC
Rubens Chiri/São Paulo FC

Após nova falha, Jean reconhece ainda estar buscando ritmo ideal no São Paulo

Goleiro titular desde a lesão de Sidão deu susto na torcida tricolor nos últimos dois jogos do São Paulo

Redação, O Estado de S.Paulo

12 de março de 2018 | 11h00

O goleiro Jean reconheceu seu erro no gol do Red Bull, na vitória do São Paulo por 3 a 1 no último domingo, e disse ainda estar buscando seu ritmo ideal de jogo na equipe tricolor. Contra o Palmeiras, ele també foi criticado por saídas erradas com os pés e por "furadas" ao tentar bloquear cruzamentos.

Jardine revela 'sugestões' de Aguirre para vitória do São Paulo sobre o Red Bull

"É só meu quarto jogo e ainda estou um pouco sem ritmo", reconhece o atleta, que passou a ser titular desde que Sidão se lesionou antes da partida contra o CRB, no Morumbi, pelo jogo de ida da 3ª fase da Copa do Brasil. "Jogo a jogo venho reconquistando o ritmo no ano passado (quando era atleta do Bahia). Agora é pegar mais confiança para deslanchar."

Para Jean, a estratégia é sempre pensar no lance seguinte, para evitar prejudicar ainda mais o time, em lances como o que originou o gol do Red Bull, em que Jean errou passe e entregou a bola para a equipe rival. "Goleiro não pode errar, ou dá problema lá atrás. Mas tem de esquecer o lance e pensar no lance seguinte para não errar mais e prejudicar mais o time."

Apesar da falha, Jean sabe que ainda tem a confiança da torcida tricolor. Mesmo depois do erro, seu nome foi gritado por torcedores presentes no estádio quando o São Paulo teve falta marcada a seu favor perto da área. Em busca de confiança, Jean se reapresenta com o restante do elenco nesta segunda para iniciar a preparação o jogo de quarta, contra o CRB, em Maceió.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.