Etienne Laurent/EFE
Etienne Laurent/EFE

Após pegar 3 pênaltis e perder, Schmeichel se diz orgulhoso da Dinamarca

Goleiro se destacou, mas não conseguiu evitar eliminação contra a Croácia

Estadão Conteúdo

01 Julho 2018 | 18h54

O goleiro Kasper Schmeichel afirmou neste domingo que a eliminação da Dinamarca nos pênaltis para a Croácia, em Nijni Novgorod, gerou nele uma mistura de sensações. Tristeza pela derrota nas oitavas de final da Copa do Mundo, mas felicidade pelo desempenho da equipe que, segundo ele, merecia continuar na competição.

+ TEMPO REAL - Croácia 1 (3) x (2) 1 Dinamarca

+ Iniesta confirma adeus à seleção espanhola após eliminação

"É um sentimento estranho. Há uma enorme decepção, mas também um grande orgulho em nosso desempenho. Tivemos a oportunidade e acho que fomos a melhor equipe no segundo tempo. É difícil colocar todas as emoções em palavras neste momento", avaliou o arqueiro do Leicester City, eleito o melhor jogador da partida.

Schmeichel defendeu cobrança de pênalti de Modric no segundo tempo da prorrogação, deixando a partida empatada em 1 a 1, para ser definida nas penalidades.

 

Na decisão derradeira, o goleiro também pegou os tiros de Badelj e Pivaric, mas viu três de seus companheiros dinamarqueses perderem duas tentativas e não impediu Rakitic de fechar a disputa em 3 a 2 para os croatas, que avançaram para encarar a Rússia nas quartas de final.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.