Divulgação
Divulgação

Após vender Gabriel, Inter de Milão anuncia chegada de Eriksen

Meia dinamarquês assinou contrato até 30 de junho de 2024; valores não foram relevados

Redação, Estadão Conteúdo

28 de janeiro de 2020 | 15h09
Atualizado 28 de janeiro de 2020 | 17h41

No mesmo dia em que o Flamengo oficializou a contratação em definitivo de Gabriel, a Inter de Milão anunciou a chegada de um reforço para o seu setor ofensivo. Nesta terça-feira, o clube confirmou o acordo com o meia dinamarquês Christian Eriksen, que estava no Tottenham.

Eriksen assinou contrato até 30 de junho de 2024 com a Inter. E embora os valores envolvidos na transação não tenham sido revelados, certamente o clube italiano utilizará boa parte dos recursos que receberá do Flamengo por Gabriel para se reforçar com o dinamarquês.

A contratação de Eriksen pela Inter de Milão foi facilitada pela proximidade do fim do seu contrato com o Tottenham, que se encerraria ao fim da temporada 2019/2020, quando poderia se transferir gratuitamente para outro time. Assim, como o jogador havia indicado anteriormente o desejo de mudar de ares, o clube inglês optou por negociá-lo.

O jogador, de 27 anos, estava no Tottenham desde 2013, quando chegou ao clube londrino procedente do Ajax, após conquistar três vezes seguidas o Campeonato Holandês. Pelo Tottenham, Eriksen disputou 304 jogos, com 69 gols marcados e 85 assistências, tendo sido peça importante do time finalista da Liga dos Campeões da Europa na temporada passada. Na atual, disputou 28 partidas e marcou três gols.

Além disso, Eriksen já defendeu a seleção da Dinamarca em 95 oportunidades, tendo sido convocado para as edições de 2010 e de 2018 da Copa do Mundo e ainda para a Eurocopa de 2012.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.