Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Arnaldo lamenta rodada ruim para o Botafogo: 'Não adiantou secar'

Equipe alvinegra viu seus principais concorrentes na luta por uma vaga na Libertadores vencerem

Estadão Conteúdo

16 Outubro 2017 | 19h58

A 28.ª rodada do Campeonato Brasileiro não foi das melhores para o Botafogo. Além da derrota no clássico para o Vasco, a equipe viu seus principais concorrentes na luta por uma vaga na Libertadores - casos de Flamengo, Palmeiras, Cruzeiro e o próprio Vasco - vencerem. Por isso, os resultados foram bastante lamentados pelo lateral Arnaldo.

+ Jair evita reclamar de arbitragem e admite culpa por derrota

"Infelizmente, essa rodada não foi muito boa para nós. Perdemos um clássico e as outras equipes pontuaram. Secamos, mas não foi possível. O Campeonato Brasileiro é assim, muito difícil. Numa semana abrimos sete pontos, na outra a vantagem já reduziu. Vamos em frente pelo nosso objetivo", declarou.

O Botafogo permaneceu na sexta colocação com 43 pontos, mas já quatro atrás do Cruzeiro, quinto lugar, e quatro acima do Vasco, que está em nono e é a primeira equipe fora da zona de classificação para a Libertadores. Por isso, a ordem no time carioca é vencer o Avaí nesta quarta, mesmo atuando na Ressacada.

"Sabemos que o Avaí não atravessa boa sequência de jogos, mas já provou que conta com jogadores de bom futebol. Temos que entrar focados e ligados no jogo para buscarmos o resultado positivo fora de casa", comentou.

A maior preocupação do Botafogo no momento é com os gols tomados. Se antes a consistência defensiva era o ponto forte da equipe, desde a eliminação na Libertadores foram sete gols sofridos nos últimos quatro jogos. Para piorar, na quarta o técnico Jair Ventura não poderá escalar o capitão Joel Carli, suspenso.

"Não sei o que está acontecendo. Temos uma defesa sólida, com jogadores de qualidade e temos que rever os erros para não acontecer mais. Contra o Avaí, não teremos o Carli, que é um excelente jogador, nosso capitão, mas quem entrar na vaga dele vai dar conta do recado", garantiu Arnaldo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.