Bruno Haddad/Cruzeiro
Bruno Haddad/Cruzeiro

Chapecoense aposta em invencibilidade em casa para passar pelo Cruzeiro

Time catarinense acumula seis vitórias e quatro empates na Arena Condá

Redação, Estadão Conteúdo

24 de novembro de 2020 | 08h32

A Chapecoense é o único time que ainda não perdeu como mandante na Série B do Campeonato Brasileiro. E é apostando nessa invencibilidade de dez jogos que o clube catarinense espera voltar a vencer o Cruzeiro - no primeiro turno, venceu por 1 a 0 - nesta terça-feira, às 21h30, na Arena Condá, em Chapecó (SC), pela 23ª rodada, para seguir soberana na liderança. 

Em casa, o time do técnico Umberto Louzer ostenta seis vitórias e quatro empates, um aproveitamento de 73,3%. Sem falar que a Chapecoense colocará à prova uma invencibilidade de 17 partidas no geral, sendo dez vitórias e sete empates. Na última rodada, a líder passou pelo Sampaio Corrêa - venceu por 3 a 1 - e chegou aos 44 pontos. Já o Cruzeiro parou nos 25 ao empatar por 1 a 1 com o Figueirense.

O time mineiro não perde há oito jogos. Cinco resultados dessa sequência, contudo, são empates, sendo os dois últimos em casa. "O Felipão, pela história, conquistas, é referência de todo treinador. É um enfrentamento de Chapecoense e Cruzeiro, vamos buscar a melhor estratégia. Temos que entender o jogo dificílimo que vamos enfrentar", analisou Louzer.

Para o desafio desta terça, Feipão terá reforços. Após cumprir suspensão, o atacante William Pottker volta a ficar à disposição. Ainda no sistema ofensivo, Sassá, que havia sido liberado para acompanhar o nascimento de sua filha, também está pronto para atuar. O volante Filipe Machado é outro reforço. Ele também chega ao elenco após cumprir suspensão e poderá pegar a vaga de Ramon. O lateral-esquerdo Matheus Pereira, por outro lado, está suspenso. Patrick Brey segue na posição. "Esperamos agora quebrar a invencibilidade da Chapecoense lá. No futebol, nada é para sempre, e vamos buscar os três pontos", disse Pottker.

Na Chapecoense, o técnico Umberto Louzer poderá ter algumas novidades. Após cumprirem quarentena por causa da covid-19, o zagueiro Derlan, o volante Anderson Leite e o atacante Aylon poderão ficar à disposição. Isso se ambos não apresentarem sintomas da doença. Já a volta do zagueiro Joilson é certa. Ele também estava isolado, mas tinha sido infectado pelo novo coronavírus antes do trio. O volante Ronei, por sua vez, ficará de fora. Contra o Sampaoio Corrêa ele vou seu terceiro cartão amarelo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.