Sirli Freitas/Chapecoense
Sirli Freitas/Chapecoense

Chapecoense pode ter dois atacantes de área para vencer o Bahia em Salvador

Precisando dos três pontos para se afastar da degola, Claudinei Oliveira deve optar por ir a campo com Leandro Pereira e Wellington Paulista

Estadão Conteúdo

04 de novembro de 2018 | 08h14

Precisando da vitória para tentar escapar da zona do rebaixamento, a Chapecoense espera surpreender o Bahia, neste domingo, às 17 horas (de Brasília), na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela 32.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Claudinei Oliveira não quis confirmar o time, mas deve escalar dois atacantes de área: Leandro Pereira e Wellington Paulista.

O técnico não quis confirmar a entrada de Wellington Paulista no lugar de Doffo, mas é o que deve ocorrer. Osman atuaria mais recuado. No último jogo, o atacante marcou o gol da vitória importante sobre o América-MG por 1 a 0. Foi, justamente, na sua volta após afastamento por desentendimento com o ex-técnico Guto Ferreira.

A vitória deu uma aliviada no ambiente e, por isso, Claudinei Oliveira não quer promover várias mudanças no time. "Vamos manter a base e, eventualmente, com alguma mudança pontual", despistou após o treino recreativo já na capital baiana.

A fórmula para surpreender o adversário é simples, segundo Claudinei Oliveira: "Temos que manter a força na marcação e ter eficiência no ataque. Nós respeitamos todos os adversários, mas precisamos sempre pensar em vencer. É o que faremos", prometeu.

Com 34 pontos, a Chapecoense está na zona de rebaixamento. A vitória neste jogo decisivo pode ser importante na arrancada para se manter na elite em 2019.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.