Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Náutico/Facebook
Náutico/Facebook

Com gol de Ortigoza, Náutico derrota Cuiabá e vai à 4ª fase da Copa do Brasil

Pernambucanos garantem vaga na competição com vitória por 1 a 0, fora de casa

Redação, Estadão Conteúdo

15 de março de 2018 | 00h18

Recuperando-se de uma grave crise financeira que acertou o clube em cheio no ano passado, contribuindo com o rebaixamento do time na Série C do Campeonato Brasileiro, o Náutico começa a dar a volta por cima em 2018. Na noite desta quarta-feira, carimbou a classificação para a quarta fase da Copa do Brasil ao vencer o Cuiabá, na Arena Pantanal, pelo placar de 1 a 0.

+ São Paulo bate o CRB por 3 a 0 e avança com folga na Copa do Brasil

+ Atlético-MG perde do Figueirense, mas avança nos pênaltis na Copa do Brasil

Como venceu por 2 a 1 em São Lourenço da Mata (PE), o Náutico jogou como manda o figurino, por uma única bola e a achou com o atacante Ortigoza, aos 40 minutos do segundo tempo, eliminando o time do Mato Grosso. Agora, aguarda o sorteio realizado pela CBF para conhecer seu adversário na próxima fase.

O duelo foi disputado com os portões fechados porque o Cuiabá não conseguiu viabilizar todos os laudos a tempo para liberar o estádio. A diretoria, então, colocou telões do lado de fora da Arena Pantanal para acompanhar o jogo.

O gol marcado na Arena Pernambuco e a possibilidade de levar o jogo para os pênaltis com uma vitória magra, fizeram o Cuiabá entrar motivado. O time mato-grossense dominou o primeiro tempo criou as melhores oportunidades como aos 14 minutos, quando Hiltinho tocou para Bruno Alves. O atacante soltou o pé, mas Breno Calixto se atirou para afastar o perigo antes que a bola chegasse em Bruno.

A pressão seguiu do início ao fim. Aos 26 minutos, Hiltinho cobrou escanteio na cabeça de Ednei, que subiu sozinho para a defesa de Bruno. A resposta do visitante ficou por conta de uma tentativa de Wallace Pernambucano. O meia invadiu a área e chutou nas mãos de Victor Souza.

A rede só não balançou na primeira etapa devido aos erros de finalizações da equipe da casa. Aos 44 minutos, o Cuiabá criou a melhor chance com Bruno Alves, que recebeu lançamento açucarado de Doda, driblou o goleiro Bruno, mas na hora de concluir chutou para fora.

O panorama do jogo não foi diferente no segundo tempo. O Náutico estava jogando com o regulamento debaixo do braço, enquanto o Cuiabá saiu com tudo em busca do gol. Aos dez minutos, Weverton cruzou para Jenison, que cabeceou para um milagre do goleiro Bruno, que evitou o empate.

A tática do time pernambucano deu resultado aos 40 minutos, quando apareceu o talento de Ortigoza, jogador com passagens por Palmeiras e Cruzeiro. Após cruzamento de Rogerinho, Jobson fez um desvio providencial para o atacante, que tirou do goleiro para dar a classificação ao Náutico. O atacante, no entanto, será desfalque na sequência, já que acabou expulso por fazer uma falta boba antes do apito final.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.