Site Oficial / Paraná
Site Oficial / Paraná

Com mudanças, Paraná tenta quebrar tabu no Durival Britto contra o São Paulo

Claudinei Oliveira deve escalar Cleber Reis e Alex Santana em busca de vitória que não vem há cinco jogos

Estadão Conteúdo

22 Agosto 2018 | 06h36

Sem vencer há cinco jogos e na lanterna do Campeonato Brasileiro com apenas 14 pontos, o Paraná sabe que precisa reagir. E terá que começar logo, mesmo que diante do líder da competição, o São Paulo, seu adversário, nesta quarta-feira, às 19h30, no estádio Durival de Britto. E o técnico Claudinei Oliveira faz mistério na escalação.

O treinador fez mistério na escalação do time, mas sinalizou as voltas do zagueiro Cleber Reis e do volante Alex Santana, que cumpriram suspensão automática na rodada passada. Eles devem entrar, respectivamente, nas vagas de Ryan e Jhonny Lucas. Claudinei só confirmou que Mansur vai ser o lateral-esquerdo no lugar de Igor, suspenso, pedindo apoio da torcida para o jogador emprestado pelo Atlético Mineiro e que tem sido alvo de críticas.

O Paraná, porém, precisa lutar contra tabus. Os times que terminam o primeiro turno na lanterna, acabam sendo rebaixados à Série B. Além disso, nunca venceu o São Paulo na Vila Capanema. Só ganhou em Curitiba dentro do Couto Pereira, em 2003, com um folgado 4 a 2. O estádio deve estar cheio, inclusive, com mais quase dois mil são-paulinos que esgotaram os ingressos para a torcida visitante na segunda-feira.

Mesmo jogando em casa, o técnico deve apostar novamente em um estilo reativo, reforçando a marcação e esperando um erro do adversário para tentar marcar em contra-ataques. "É um modo de jogo que, às vezes, a torcida não gosta. Mas não podemos atuar de forma diferente diante de um adversário tão forte como o São Paulo" argumentou Claudinei Oliveira, que fará sua estreia em casa.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.