Álvaro Jr. / Ponte Press
Álvaro Jr. / Ponte Press

Com pênaltis polêmicos, Ponte Preta vence Sampaio Corrêa e assume vice-liderança

Equipe de Campinas tem 11 pontos, dois a menos que o líder da série B, o Cuiabá

Redação, Estadão Conteúdo

30 de agosto de 2020 | 00h22

A Ponte Preta emplacou a terceira vitória seguida e assumiu a vice-liderança do Campeonato Brasileiro da Série B na noite deste sábado ao ganhar do Sampaio Corrêa, por 2 a 1, no Estádio Castelão, pela sexta rodada. Os dois gols do time paulista foram anotados de pênalti, ambos contestados pelos maranhenses.

Sem perder desde a estreia, a Ponte chegou aos 11 pontos e está atrás apenas do Cuiabá, que tem 13. O Sampaio Corrêa, que voltou a jogar depois dos seus dois últimos jogos serem adiados por conta de surto de covid-19 no elenco, ainda não pontuou e amarga a lanterna.

O primeiro tempo em São Luis foi marcado por polêmica envolvendo a arbitragem. O Sampaio Corrêa criou as principais ações, chegou a acertar a bola no travessão do goleiro Ivan, mas foi para o intervalo perdendo de 2 a 0.

Aos 28, Wellington Carvalho dentro da área após cobrança de escanteio e o árbitro assinalou pênalti, convertido por João Paulo. Já nos acréscimos, Matheus Peixoto foi atingido no rosto por Marcão. Mais um pênalti assinalado e convertido por João Paulo.

A Ponte Preta foi irreconhecível na volta para o segundo tempo e, depois de Ivan salvar duas vezes, o Sampaio Corrêa diminuiu aos 21 minutos. André Luiz recebeu livre dentro da área e só deslocou o goleiro.

Isso fez com que a partida ficasse aberta. O Sampaio Corrêa partiu em busca do empate e deu espaços para a Ponte Preta no contra-ataque. Foram pelo menos três boas chances desperdiçadas.

O Sampaio Corrêa volta a campo na quarta-feira, contra o CRB, às 19 horas, no Rei Pelé, em Maceió. Na terça, a Ponte Preta vai até Curitiba enfrentar o Paraná, às 19h30, na Vila Capanema. Os jogos são válidos pela sétima rodada.


FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORRÊA 1 X 2 PONTE PRETA

SAMPAIO CORRÊA - Neguete; Luis Gustavo (Diego Tavares), Daniel Felipe, Marcão e João Victor; André Luiz, Vinícius Kiss (Thiago Santos), Marcinho e Gustavo Ramos (Roney); Caio Dantas e Robson Duarte (Daniel Penha). Técnico: Léo Condé.

PONTE PRETA - Ivan; Apodi (Darnley), Wellington Carvalho (Alisson), Luizão e Guilherme Lazaroni; Luis Oyama, Ernandes (Dawhan), Neto Moura (Guilherme Pato) e João Paulo (Yuri); Moisés e Matheus Peixoto. Técnico: João Brigatti.

GOLS - João Paulo, aos 28 e aos 46 minutos do primeiro tempo; André Luiz, aos 21 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Tiago Nascimento dos Santos (PE)

CARTÕES AMARELOS - Marcão, Daniel Felipe e João Victor (Sampaio Corrêa); Wellington Carvalho e Luizão (Ponte Preta)

LOCAL - Estádio Castelão, em São Luis (MA).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.