Ricardo Duarte / Internacional
Ricardo Duarte / Internacional

Com três de Yuri Alberto, Inter massacra o Flamengo e 'acorda' no Brasileirão

Renato Gaúcho conhece a sua primeira derrota no comando da equipe rubro-negra

Redação, Estadão Conteúdo

08 de agosto de 2021 | 20h26

O Internacional aplicou a maior goleada como visitante contra o Flamengo ao fazer 4 a 0 diante do rival neste domingo, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, pela 15.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Além de segurar o time carioca no meio da tabela de classificação, a equipe gaúcha se recupera em dia de show do centroavante Yuri Alberto, autor de três gols.

Com o resultado, o Flamengo conheceu a sua primeira derrota sob o comando do técnico Renato Gaúcho, que só tinha vencido até então, e ficou em quinto lugar com 24 pontos, contra 34 do líder Atlético-MG - mas com dois jogos a menos. O Internacional, por outro lado, foi para 18, na 11.ª posição.

O primeiro tempo do Internacional lembrou muito das atuações do ano passado, quando brigou pelo título do Brasileirão. Com um sistema defensivo bem armado, o time gaúcho usou do contra-ataque para consagrar Yuri Alberto. O atacante de apenas 20 anos acabou com uma série de nove jogos sem balançar as redes ao fazer 1 a 0. Ele recebeu de Edenílson e tocou na saída de Diego Alves.

Diego Aguirre, aos poucos, parece estar acertando o time do Internacional, que vem tendo um ano decepcionante, muito diferente do time que recentemente brigou por uma taça. Yuri Alberto se achou no jogo e ainda fez o segundo aos 40 minutos. Saraiva lançou Patrick, que deixou o atacante em boas condições para ampliar o marcador.

Apesar de estar atrás do placar, o Flamengo teve a posse de bola, mas não contou com o brilho de suas principais estrelas. Gabriel e Arrascaeta estavam apagados. Coube a Bruno Henrique tentar diminuir o prejuízo, mas a cabeçada ficou na defesa do goleiro Daniel. O time carioca errou muito nos 45 minutos iniciais e foi para o intervalo com 2 a 0 favorável ao Internacional.

No segundo tempo, o panorama continuou da mesma forma. Em mais uma bela trama de contra-ataque, Taison deu um drible desconcertante em Filipe Luís, disparou do meio de campo e, 11 anos depois, voltou a marcar com a camisa colorada, ao ampliar o placar ainda mais. Curiosamente, o duelo foi também contra o Flamengo, com vitória da equipe gaúcha por 1 a 0.

O Flamengo perdeu a cabeça após levar o terceiro. Por ironizar a arbitragem, Gabriel acabou sendo expulso e deixando o Internacional com um homem a mais. Sobrando em campo, Yuri Alberto resolveu fazer mais um, o seu terceiro na partida. Ele invadiu a área e chutou bonito para superar Diego Alves.

Com uma grande vantagem no placar, o técnico uruguaio Diego Aguirre rodou o elenco do Internacional, tirou o pé do acelerador e administrou a vantagem para confirmar a vitória convincente deste domingo.

Na próxima rodada do Brasileirão, o Flamengo enfrenta o Sport no domingo, às 16 horas, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ). No mesmo dia, às 20h30, o Internacional recebe o Fluminense, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

 

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 0 x 4 INTERNACIONAL


FLAMENGO - Diego Alves; Isla, Gustavo Henrique, Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão, Diego (Michael) e Arrascaeta (Pedro); Everton Ribeiro (Thiago Maia), Gabriel e Bruno Henrique. Técnico: Renato Gaúcho.

INTERNACIONAL - Daniel; Saravia (Heitor), Bruno Méndez, Víctor Cuesta e Paulo Victor; Rodrigo Dourado (Caio Vidal), Rodrigo Lindoso, Edenilson (Paolo Guerrero) e Patrick; Taison (Palacios) e Yuri Alberto (Johnny). Técnico: Diego Aguirre.

GOLS - Yuri Alberto, aos 18 e aos 40 minutos do primeiro tempo; Taison, aos 8, e Yuri Alberto, aos 24 minutos do segundo tempo.

CARTÃO AMARELO - Diego (Flamengo).

CARTÃO VERMELHO - Gabriel (Flamengo).

ÁRBITRO - Paulo Roberto Alves Junior (PR).

RENDA E PÚBLICO - Jogo com portões fechados.

LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.