Divulgação/CCP
Divulgação/CCP

Roger Guedes resolve, Corinthians bate o Novorizontino e garante a 2ª posição geral do Paulistão

Atacante sai do banco parar marcar o único gol da vitória corintiana diante do lanterna da competição

Rodrigo Sampaio, O Estado de S.Paulo

20 de março de 2022 | 18h10

Com gol de Roger Guedes, o Corinthians derrotou o Novorizontino por 1 a 0 neste domingo, fora de casa, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista. Com um time recheado de reservas, os comandados de Vitor Pereira tiveram dificuldades contra o lanterna da competição e precisou recorrer aos titulares na segunda etapa para sair de campo vitorioso. Apesar da vaga nas quartas de final já estar garantida, o resultado positivo era importante para obter a vantagem de disputar uma eventual semifinal em casa. 

Com a vitória, o Corinthians chega aos 23 pontos, mesma pontuação do São Paulo, mas garante a segunda melhor campanha por ter melhor saldo de gols. O adversário nas quartas de final será o Guarani, que garantiu a segunda colocação do Grupo A ao empatar sem gols com o São Bernardo, fora de casa. O Palmeiras é o líder da classificação geral, com 30 pontos. As partidas do mata-mata também contarão para a tabela de classificação. 

Apesar da obrigação de vencer, o técnico Vitor Pereira decidiu levar a campo um time alternativo. Dos jogadores considerados titulares, apenas Cássio, Fábio Santos e Giuliano iniciaram a partida. Este último teve a oportunidade de jogar pela primeira vez ao lado de Gustavo Silva, com quem teoricamente disputa posição. O jogo ainda marcou a estreia de Robson Bambu com a camisa do Corinthians. O zagueiro foi afastado pouco tempo depois de ser anunciado por causa de uma acusação de estupro, negada pelo atleta e ainda sem desfecho pelo Ministério Público. João Pedro, no lugar do suspenso Fagner, e Raul Gustavo foram os outros estreantes sob a batuta do treinador português, enquanto Jô, aniversariante do dia, e Luan ficaram fora por problemas na coxa. 

O Novorizontino também buscava um resultado positivo para levantar o moral da equipe para a sequência da temporada. Rebaixado antecipadamente no Paulistão e eliminado de forma precoce na Copa do Brasil, o time do interior segue sem vencer em 2022. Ao todo, são dez derrotas e três empates. A equipe agora se prepara para a estreia na Série B do Campeonato Brasileiro, em abril. 

Brigando por uma vaga entre os titulares, Gustavo Silva foi a principal arma de ataque do Corinthians no primeiro tempo. Aberto pela esquerda, setor onde o alvinegro mais buscou jogo, ele foi responsável pela maioria dos lances perigosos. Na primeira oportunidade clara de gol, aos 17 minutos, o jogador arrancou pela beirada, limpou para dentro e bateu forte para grande defesa de Giovanni. No decorrer da etapa inicial, Vitor Pereira o deslocou para a direita na tentativa de dar mais dinâmica ao setor ofensivo, mas sem sucesso. 

A falta de entrosamento do Corinthians foi marcante. Mesmo com menor posse de bola, o Novorizontino levou perigo por duas vezes. Aos 33, Rômulo chutou de fora da área e Cássio não conseguiu segurar. Danielzinho por pouco não abriu o placar. No lance seguinte, o mesmo Danielzinho perdeu chance incrível na entrada da pequena área. O Corinthians voltou a dominar a partida, mas só voltou a assustar aos 40, quando Mantuan acertou cabeçada na trave, mas o árbitro marcou impedimento. 

No intervalo, Vitor Pereira colocou Roger Guedes no lugar de Roni para deixar o time mais ofensivo, mas quem começou o segundo tempo assustando foi o Novorizontino. Aos 8, Cléo Silva bateu de fora da área e a bola passou raspando a meta de Cássio. O goleiro alvinegro fez boa defesa aos 13, quando Rômulo arriscou chute de longe. A resposta veio na bola parada. Em cobrança de escanteio de Cantillo, Guedes mostrou estrela ao pegar a sobra no desvio da zaga e, de sola, mandou para o fundo das redes, aos 15. O atacante fez o seu quarto gol na competição e se isolou na artilharia do Paulistão. 

Apesar do gol, o treinador português mostrou insatisfação com o desempenho do time e fez drástica mudança na estrutura tática do Corinthians. Renato Augusto, Willian e Paulinho entraram nas vagas de João Pedro, Gustavo Silva e Adson, respectivamente. A equipe passou a atuar em um esquema com três zagueiros, com Fábio Santos atuando pelo lado esquerdo, e Cantillo encostando para fazer a saída de bola. O Corinthians demorou a responder e viu o Novorizontino acertar o travessão aos 29, com Rômulo. Menos de dois minutos depois, Cássio foi buscar no ângulo belo chute de Danielzinho. 

Ao longo do segundo tempo, o Corinthians seguiu mostrando dificuldades para criar diante do pior time do campeonato. Com Roger Guedes isolado na frente, a bola pouco chegou e o time passou a administrar a partida, principalmente depois que Giuliano, um dos destaques no meio-campo, saiu com cãibras. O alvinegro se limitou a espantar as bolas alçadas na área até o apito final. 

FICHA TÉCNICA

NOVORIZONTINO 0x1 CORINTHIANS

NOVORIZONTINO - Giovanni; Lucas Mendes, Wálber, Guilherme Matos (Adilson Goiano) e Reverson; Barba, Léo Baiano e Danielzinho; Douglas Baggio (Wellington), Rômulo (Chrigor) e Cléo Silva (Léo Tocantins). Técnico: Alan Aal.

CORINTHIANS - Cássio; João Pedro (Renato Augusto), Robson Bambu, Raul Gustavo e Fábio Santos; Cantillo, Roni (Roger Guedes) e Giuliano; Gustavo Silva (Willian), Adson (Paulinho) e Gustavo Mantuan (João Victor). Técnico: Vitor Pereira.

GOLS: Róger Guedes (15 2ºT). 

CARTÕES AMARELOS: Raul Gustavo (3 2ºT) e Lucas Mendes (39 2ºT)

PÚBLICO: Não divulgado.

RENDA: Não divulgado. 

ÁRBITRO: Thiago Lourenço de Mattos.

LOCAL: Estádio Jorge Ismael de Biasi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.