Rodrigo Duarte/Inter
Rodrigo Duarte/Inter

Cuesta pede tranquilidade ao Inter antes de estreia na Libertadores

Zagueiro afirma que time vai precisar de calma antes de iniciar campanha diante do Palestino, no Chile

Redação, O Estado de S. Paulo

05 de março de 2019 | 22h05

O zagueiro argentino Victor Cuesta, do Inter, afirmou que o time vai precisar ter tranquilidade na estreia na Copa Libertadores nesta quarta-feira, em Santiago, contra o Palestino. Por se tratar de um grupo complicado, que tem a presença do atual campeão, o River Plate, o defensor recomendou calma para o time gaúcho não vacilar no começo e perder pontos.

A preocupação do Inter é a falta de bagagem em Copa Libertadores. O clube participou da competição pela última vez em 2015, quando foi semifinalista, e tem no elenco vários jogadores que vão disputar pela primeira vez o torneio. "Temos que entrar com calma. É o primeiro jogo. Todos os times têm que se adaptar", disse Cuesta, que disputou a Libertadores em 2012 e 2013 pelo Arsenal de Sarandí, da Argentina.

Além do Palestino e do atual campeão River Plate, o grupo do Inter tem também a presença do Alianza Lima, do Peru. "É um grupo difícil. Todos os times que estão na Libertadores fizeram por merecer. Temos que estar ligados, porque esta competição não permite erros. Tem que estar focado para fazer uma boa competição", afirmou o zagueiro. O Inter se classificou ao torneio após ser terceiro colocado no Campeonato Brasileiro do ano passado.

O Inter chegou ao Chile na segunda-feira e treinou no CT da Universidad Católica. O técnico Odarir Hellmann não revelou a escalação, porém a provável formação deve ter: Marcelo Lomba; Zeca, Moledo, Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenilson, Patrick; Willian Pottker, Nico López e Pedro Lucas. A partida terá início às 19h15 de Brasília.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.