Geraldo Bubniak/AGB
Geraldo Bubniak/AGB

David Braz exalta sequência positiva que Elano entregará a Levir Culpi no Santos

Ex-jogador venceu as duas partidas em que esteve no comando da equipe da Baixada Santista

Estadão Conteúdo

11 de junho de 2017 | 21h38

Após demitir Dorival Júnior há uma semana, quando o técnico não resistiu no cargo um dia depois de derrota no clássico contra o Corinthians, o Santos emplacou duas vitórias seguidas no Campeonato Brasileiro ao bater o Botafogo por 1 a 0, na última quarta-feira, no Pacaembu, e superar na noite deste domingo o Atlético-PR por 2 a 0, na Arena da Baixada, em Curitiba.

Os dois triunfos foram obtidos com a equipe sendo comandada pelo treinador interino Elano, que faz parte da comissão técnica permanente do time e que se aposentou no final do ano passado vestindo justamente a camisa do Santos, então em sua terceira passagem pela equipe da Vila Belmiro.

E logo depois da vitória deste domingo, o zagueiro David Braz exaltou a fato do ex-meio-campista entregar o Santos ao recém-contratado técnico Levir Culpi com esta sequência positiva. "Foi muito importante ter essas duas vitórias. Agora temos mudança de comissão técnica. E aí o Levir Culpi vai pegar a equipe com duas vitórias, e antes (da demissão de Dorival) foram duras derrotas que nós tivemos (para Corinthians e Cruzeiro)", lembrou o defensor, em entrevista à reportagem do SporTV, ainda no gramado da Arena da Baixada.

David Braz também destacou que a convivência que Elano já tinha há bastante tempo com o atual elenco acabou ajudando a equipe santista a engrenar, após atuar por várias vezes com Dorival Júnior sob intensa pressão nesta temporada.

"O Elano já conhecia o grupo, jogou com a gente até o ano passado e ficou muito mais fácil pra ele, que já sabia como os jogadores se comportavam dentro de campo. Ele procurou fazer o simples e graças a Deus conseguimos fazer tudo o que ele pediu, e fomos coroados com duas vitórias sob o comando dele", comemorou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.